Diário da Mama 7 – Entre químios

BOOBS_artforbreastcancer_kezia

 

As pessoas que acompanham o Diário da Mama me perguntam por nova escrita, no justo desejo de saberem como estou passando. Nem relatei a segunda quimio e já estou às vésperas da terceira. O dia em que fiz a segunda, já duas semanas atrás, deslizou com suavidade e foi menos impactante do que a primeira. 

É algo palpável, quase concreto o quanto a oração nos carrega, para atraversarmos os mares bravios da vida. A nossa própria, a que fazemos do profundo de nossa fé e as que nos são endereçadas, nas asas de pensamentos amorosos, sinceros e potentes. Nessa segunda vez, fui acompanhada por minha outra Claudia amiga-irmã, a Gelernter. E nossas orações, ao som de Hildegard von Bingen, foram muito confortadoras durante o processo da químio. 

Nos dias que se sucederam, porém, embora de início me parecessem mais amenos, em relação à primeira, foram se mostrando cheios de novidades incômodas: a diabete destrambelhada (por causa da cortisona), taquicardia, episódios de pressão baixa, neuropatia nos pés, alteração de paladar, mas sobretudo, muito, muito cansaço. Um cansaço que não passa, descansando. Que me faz me arrastar entre o trabalho e a cama, entre o almoço e a rede, entre o trabalho e o sofá. Todo mundo com quem converso que já passou por isso, confirma a exaustão como sintoma incontornável da quimioterapia. 

O choque da químio nos tira de nós mesmos, de nossa energia vital, de nossa potência. É temporário, mas é estranho. Mais estranho para mim que sou um furacão de atividades… mas não será isso o necessário no momento, um repouso forçado, para algum tipo de aprofundamento da alma? 

Essa quinzena teve um ponto alto que não posso deixar de mencionar, porque revela o quanto a arte é terapêutica e vital: fui com todos os cuidados possíveis (para me prevenir de pegar Covid) a um concerto aqui em Bragança, em homenagem a Vinicius de Moraes, nosso poetinha querido. Orquestra Jovem de Bragança, a neta do Vinicius, Mariana, cantando, e ainda meus sobrinhos participando do coral infantil. Foi um deleite. Nesse dia, saí revigorada e o cansaço fugiu. Fui dormir às duas horas da manhã, depois de uma pizza com meu pai e amigos, e pulei da cama disposta, no dia seguinte. 

Hoje, estou me preparando para enfrentar a quimio de amanhã. É sempre imprevisível como será. Mas sempre posso contar com a música e com a prece, com os amigos desse lado e do outro lado da vida. 

 

A cada trecho da escalada 

Na montanha do tempo 

Uma fé esforçada 

Uma tênue mirada 

No topo da chegada. 

A cada dia, um dia 

A cada dor esguia 

Minha alma se recria… 


10 respostas para “Diário da Mama 7 – Entre químios

  • Luziete Maria da Silva Dal Poggetto

    Dora, você se conforta em sua escrita; arte pura e bela de comunicação poética e nos conforta por sabermos de seu enfrentamento dessa sua nova “agenda da vida”.
    Ao ler seu poema me remeteu a música aquarela de Toquinho ” E o futuro é uma astronave que tentamos pilotar …sem pedir licença muda nossa vida e depois convida a rir ou chorar …nessa estrada não nos cabe conhecer ou ver o que virá……”
    Sempre amparada pelos mentores espirituais e almas afins!
    Grande abraço!

  • Alex

    Querida Dora, um Bom dia! Que o Amor e a Misericórdia de Deus, do Nosso Mestre e Senhor Jesus te envolvam, te amparando e conduzindo nestes momentos. Que Jesus e Mãe do céu te abençoem e a todos que clamem e precisem desse amparo.

  • Aurea Lucia

    Bom dia, Dora!
    As vezes não encontro palavras então prefiro enviar um abraço repleto de carinho.
    Que o Mestre Jesus continue te abençoando e iluminando seus caminhos.
    Aurea

  • SHEILA MARIA SOARES DE SOUSA MATIAS

    Que os benfeitores amigos cuidem de seu restabelecimento da saúde física e espiritual.
    Muita paz!

  • Maria Joséte Negreiros

    O topo da chegada é logo ali. A fé encurta caminhos.
    Força para seguir.
    Fé para caminhar.
    Orações para reconfortar.
    Amor para fortalecer.
    Te desejo plena recuperação, Dora, sempre na bondade de Deus ♥️

  • Luiz Carlos Altieri

    Tenha sempre a certeza de muitas vibrações de luz, de paz e de amor.

  • Dea Chrystello

    Agradeço seus relatos. Isso nos dá forças e inspiração.
    Jesus no Leme e cura pra você.

  • Edileusa m b g serra

    Hj perdi uma grande amiga pro câncer, não aguentou a primeira quimio muito triste ela é devastadora. Que Deus, os anjos e mentores espiritual te acompanhe nesta jornada rumo a cura, o plano espiritual dazendo sua parte e vc fazendo a tua com maestria e garra

  • Jorge Leite de Oliveira

    Paz e luz, irmã espírita, somos imortais, e a certeza disso nos dá alegria, fé e esperança em dias melhores. Oro por você.

  • Divina Silva

    Dora, bom dia!🌻😇
    Que você se fortaleça a cada dia!🤲🏾
    Grata por trazer esperança e poesia para minha vida mesmo que esteja nos seus dias de constrição e recolhimentos.
    Vibrações fraternas e salutares!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: