A autora

17126692524_bb32ed5f83_o

Dora Incontri é paulistana, nascida em 1962. Jornalista, educadora e escritora. Suas áreas de atuação são Educação, Filosofia, Espiritualidade, Artes, Espiritismo. Tem mestrado, doutorado e pós-doutorado em Filosofia da Educação pela USP. É sócia-diretora da Editora Comenius e coordenadora geral da Associação Brasileira de Pedagogia Espírita. Coordenadora geral da Universidade Livre Pampédia.

Tem mais de 40 livros publicados. Livros sobre Educação, Filosofia, Espiritualidade; livros didáticos; livros psicografados.

Trabalha em prol do diálogo inter-religioso, milita por uma nova educação, que inclua interdisciplinaridade, espiritualidade, autonomina do educando, com mudança radical da escola tradicional. Inspira-se nos grandes clássicos da Educação, como Comenius, Rousseau e Pestalozzi, que tinham uma visão integral do ser humano.

Politicamente, se põe a favor de uma transformação social global em que o ser humano seja o valor principal e acredita que possamos fazer uma sociedade mais justa, igualitária e fraterna. Anarquista, graças a Deus. De um anarquismo cristão, à moda de Tolstoi e de Gandhi.


52 respostas para “A autora

  • Inês Batina

    oi Dora,
    foi um verdadeiro deleite passar pelo seu blog… ler textos inteligentes, criativos e muito bem escritos, tão raros nesse vasto universo da internet.
    Gravei aqui nos meus favoritos para voltar de vez em quando e aprender um pouco mais.
    Vou compartilhar com os amigos.
    Muito obrigada e que Deus a abençoe e fortaleça!

    Inês Batina

  • Beth Bachim

    Boa noite querida Dora,

    muito bom ter “lugares” bons para visitar na internet. Eu sou uma apaixonada pelo seu trabalho, meu primeiro contato com seu trabalho foi em 2003, com o livro A Educação da Nova Era, depois estive em vários congressos e já li a maioria de seus livros. Aprendo muito com você, com seu modo de explicar e contagiar à todos com seu ideal.As Aulas que assisti no curso Educação e Espiritualidade contribuiram de forma ampla para melhoria no meu trabalho e também na minha pós.Deus te abençoe pelo bem que fazes a humanidade com esse maravilhoso trabalho em prol da educação integral do ser.
    Beth Bachim – Sertãozinho

  • Candido Vallada

    Olá Dora,
    Parabéns por mais essa iniciativa dentre as inúmeras que você já ofertou ao mundo.
    A primeira impressão do seu blog foi muito, muito agradável: textos inteligentes e criativos embalados numa apresentação visual tranquila e de bom gosto que não tenta chamar a atenção mais do que o conteúdo.
    Já tenho uma ótima opção para regalar a alma quando estiver entediado pelas leituras que tentam nos seduzir sem muito sucesso.
    Longa vida ao seu blog!
    Candido Vallada – São Paulo, SP

  • Celso da Costa Frauches

    Oi, amiga Dora.
    Grato, por Você contribuir de forma brilhante para a melhoria dos conteúdos inseridos na internet.
    Os seus textos, ações e propostas são de uma qualidade pouco frequente nessa mídia eletrônica.
    Rogo ao nosso Mestre Jesus para que Você possa continuar progredindo nessa jornada de luz e consiga concretizar o seu sonho da escola espírita.
    A educação sob as luzes do Espiritismo pode mudar radicalmente o processo de aprendizagem nesta Nova Era, em tempos de amurecimento da Doutrina e de regeneração e progresso ético e moral.
    Do seu sempre amigo e admirador incondicional,
    Celso

  • Silvia Soler Bianchi

    Adorei o Blog! Uma delícia de navegar nele!

  • Helena Almeida

    Dora,
    Fico muito feliz por existir agora um jardim na internet onde posso perfumar a minha alma.
    Vou divulgar ao meus amigos.
    Beijos neste coração educador!!
    Helena Almeida

  • Eliana A. de Marco

    Que alegria reencontra-la, pois navegar por aqui é como retornar às aulas na pós…que saudade!
    Parabéns pela iniciativa e por mais este maravilhoso trabalho, que, como tudo que voce faz, vem trazer uma belíssima contribuição ao espiritiismo e a cultura em geral.
    Obrigada, por tudo que voce já me ensinou e por mais este presente que voce nos oferece.
    Que Jesus continue lhe iluminando e fortalecendo.

    de sua sempre aluna
    Eliana A. de Marco

  • Aureci Figueiredo Martins - Porto

    Grata surpresa esta: acessar o substancioso blog da Dora Incontri, autora a quem apreciei e admiro desde seu “A educação segundo o Espiritismo”. Ser-me-á um prazer degustar aos poucos os saberes aqui gentilmente disponibilizados. Parabéns e obrigado!

  • Edval Rodrigues de Viveiros

    Amei seu blog. É mais uma maneira de a conhecermos um pouco mais. Parabéns pela iniciativa, tenho certeza de que será de muita ajuda para as pessoas!!!

  • André Luis

    Olá Dora,

    Assisti sua palestra na FEEB, domingo retrasado. Lembrei-me de você quando ouvi uma referência à Comenius na palestra

    Lançamento do livro TRIVIUM – É REALIZAÇÕES

    disponível no YOUTUBE

    Bom proveito!

  • Chico Nascimento

    Eu estou muito contente nessa visita ao vosso blog, Dora!
    Cara paulistana, eu te admiro muito!
    E, evidentemente, vou aproveitar!
    Meus parabéns!

  • Rosane

    Não deixe de postar, seu blog é um deleite para os amantes da filosofia e da doutrina espírita (meu caso).
    Amei cada linha escrita.
    Se me permite, um beijo enorme no coração.

  • Katia

    Muito obrigada, Dora, pela sua visita ao nosso site. Sempre gostamos quando várias denominações religiosas nos visitam.

    A citação da fonte foi colocada no artigo em nosso site. A hstória das três árvores faz parte dos contos populares tradicionais americanos, conforme vários sites apontam na internet, como por exemplo; http://inthedoghouse.hubpages.com/hub/The-Tale-of-Three-Trees–An-Easter-Story ; tendo sido reproduzido em várias línguas, inclusive a portuguesa, de onde retiramos a lenda.

    Abçs,

    Katia
    Canto da Paz

    Dora Incontri | Email: dora.incontri62@gmail.com
    Data: 15 Outubro 2011

    Caros amigos, sou espírita (de alma muito franciscana) e trabalho com o diálogo innter-religioso. Essa história da lenda das três árvores, que aqui aparece resumida, está originalmente num livro psicografado por Chico Xavier (À Luz da Oração). Sugiro que citem a fonte. Fortalece o diálogo entre nós e diminui o preconceito. Eu, por exemplo, quando cito um autor católico, menciono a fonte. Abraços. Paz e Bem! Dora Incontri

  • Maria Lucia Custodio Ferreira

    Parabéns pela palestra no Senac e seminário na Associação Espírita Allan Kardec em São José do Rio Preto -SP – 28/29/10/2011
    Obrigada por nos auxiliar nesta “piracema da Educação” que como você disse tem que “acontecer já”. Me tornei sua seguidora, por favor aceite meu convite no facebook, suas teses e experiências precisam ser compartilhadas. “A verdadeira corrente do bem,”
    Muito Obrigada!!!

  • Elizabeth Mello- São Gabriel-RS

    Dora Incontri-Pessoa de Grande responsabilidade,pois traz consigo uma missão muinto grande,dar avanço no pensamento dos homens,principalmente nos educadores,que se mantem preso a conceitos vencidos,retrogrados,não perceberam q/estamos numa nova era e q/suas responsabilidade são sem tamanho e q/é necessario abrir suas mentes preparando cidadãos com a nova visão voltado principalmente p/a o sentimento de fraternidade justiça e igualdade entre os homens.Dora Incontri,quando a ouvi,nunca mais esqueci o seu nome,pois alem de ser uma pessoa muito culta moralmente é bastante inteligente e fala tudo aquilo q/tambem penso!Dora,fale,fale muito,tuas sementes muitas se perteram,mas muitas germinaram!

  • Humberto Schubert Coelho

    Cara Dora,
    fico feliz em estabelecer este contato. Na verdade eu já te conheço bastante como leitor. Suas obras são muito admiradas aqui em Juiz de Fora. Aproveito para deixar este e-mail para contato. Espero ouvir notícias suas.
    Grande abraço.
    h.

  • Maria Solange Guarino Tavares

    Dora prazer em conhecer o seu blog em breve vou me inteirar dos assuntos aqui discutidos e comentados pois estou escrevendo sobre sensebilidade mediunica e espiritualidade e gostaria que voce pudesse dar sua opinião sobre o meu trabalho. Tão logo possa postar alguma discussão após revisão gostaria de enviar para que voce comente. Obrigada pela atenção Profa.Dra. Maria Solange Guarino Tavares

  • soniajobim

    Olá Dora,
    Vi o documentário Alan Kardec o educador e gostei muito. Mas gostaria de saber a posição de Kardec em relação a escravidão, o abolicionismo e o negro.
    Abraços

    • Dora Incontri

      Olá Sônia, em todas as obras de Kardec aparece claramente a condenação da escravidão. Obviamente, nem ele, nem os Espíritos eram favoráveis à escravidão, que ainda existia na América e no Brasil. Entretanto, há que se contextualizar a obra de Kardec em seu tempo. Na época, a “ciência” ainda muito incipiente e feita por europeus, tinha uma ideia de hierarquia de “raças” e, influenciado por essa ideologia eurocentrista, Kardec demonstra em alguns momentos que considerava sim os negros inferiores aos brancos europeus. Mas, na medida em que o Espírito não tem cor ou etnia e pode reencarnar ora negro, ora branco, ora oriental… a doutrina espírita em si jamais pode compactuar com qualquer forma de racismo. O pior texto de Kardec a esse respeito se encontra em Obras Póstumas (A Teoria da Beleza), mas temos que considerar que ele não publicou esse texto. Escreveu-o, mas não sabemos se ainda concordava com ele quando morreu, pois foi editado após a sua morte. Em suma, podemos dizer o seguinte: Kardec e o espiritismo tinham ideias avançadas para seu tempo, de igualdade, de justiça, de liberdade, de fraternidade entre todos os povos, mas Kardec enquanto homem de seu tempo, não conseguiu escapar completamente do condicionamento histórico de então e algumas vezes escorregou para uma forma explícita ou velada de racismo.

  • Martinho Nery Filho

    Dora, ainda não tinha visitado seu blog, que surpresa agradável e que texto fantástico esse diferenciando educação de autoajuda !
    Parabens e até a proxima visita minha aqui;

    Fraterno abç,

  • Livia Carvalho

    Dora, por que sumiu do Rio de Janeiro? Precisamos de você por aqui. rsrs Volte, querida, e faça um seminário daqueles. Bjs e muita Paz (Ah! Fui aprovada na seleção de mestrado de uma universidade pública aqui do Rio de Janeiro com o tema Pedagogia Espírita, mas na classificação fiquei fora do número de vagas disponíveis). Uma pena, mas admiti o risco e esperava por isso. Faço ideia do que você já passou. Beijos e um forte abraço de uma admiradora sua desde o início desse século.

  • Erasmo

    Estimada Dra. Dora
    Espero que pueda entenderme en español. He seguido hasta hace poco tiempo su obra y la considero fundamental para todos los espiritas. Ahora que estamos a las puertas de un aniversario más de la desencarnación de Allan Karde es mi escuela espírta se me encomendó que hablara de él desde el punto de vista pedagógico y buscando el material me encontré con su trabajo.
    Tengo algunas preguntas que me gustaría hacerle por hoy sólo dejare una: ¿Ha tenido noticias por vía espiritual, o documental de la opinión de Pestalozzi sobre el trabajo que realizaba Rivail en lo referente al Espiritismo? ¿Habría deducido aún encarnado que su alumno Rivail era aquel por el que dijo que clamaba en el desierto?
    P.D. puede contestarme en portugués

    • Dora Incontri

      Prezado Erasmo, obrigada por deixar seus comentários!
      Não, enquanto encarnado, certamente Pestalozzi não teve nenhuma ideia de que Rivail seria aquele que abriria novos caminhos… Quando morreu, Rivail tinha apenas 23 anos, estava no início de sua carreira, embora fosse bastante precoce! Agora, depois, o que pensa hoje Pestalozzi-Espírito sobre o Espiritismo, há alguma coisa no livrinho que psicografei “Meditações” ditado pelo próprio. Você pode encontrá-lo no site da Editora Comenius: http://www.editoracomenius.com.br.
      Só uma curiosidade, de que país me escreve? Espanha ou de algum país da América Latina? Forte abraço: Dora

  • Erasmo

    Querida Dora
    Cuando le vi por primera vez en el documental de Karde el Educador me pareció tan familiar si como te conociera de tiempo, y no es casualidad por la doctrina que profesamos, me identifique plenamente con sus posiciones con respecto al papel del Espiritismo y la Educación. Ha sido de una extraordinaria ayuda para ir colocando en su justo punto conceptos filosóficos, científicos y moral del Espiritismo; así como el conocer mejor a Kardec sus influencias y posiciones históricas, el saber que él era afable, cariñoso y no el hombre frió como si todo el tiempo se dedicara a meditaciones profundas como viviendo en el Nirvana.
    ¿Qué posibilidad existe de que sus obras puedan ser publicadas en español? Aunque sean en formato digital. Creo que son de un valor que trasciende los idiomas.
    Me lleno de mucha alegría el que me contestara esta nota, no creí que con tantas actividades en su vida tendría tiempo. Le escribo desde la ciudad de Tegucigalpa, Honduras Centroamérica. Asisto a la Escuela Espírita Orientación Cristina con personalidad jurídica desde el año de 1967, nuestro lema: HACIA DIOS POR EL AMOR Y LA CIENCIA.
    Con cariño el hermano. Erasmo

  • Diana Maria Ferreira da Silva

    Cara Dora
    Muito feliz em reencontrá-la depois de algum tempo desde sua última estada em Belém, quando ficamos extasiados com o seu conhecimento e eloquencia, e ainda estávamos sob a tutela do Dr. Jonas, sempre lúcido e progressista, com os pés no chão como voce. Obrigada
    Abraço fraterno

  • Marcelo Uchôa

    Dora, excelente o seu material. Abstração feita à incomum abordagem, está muito bem escrito, acessível a todos…

  • Erasmo Aguilera

    Estimada Dora aquí le dejo la dirección youtube sobre un video donde un grupo infantil espírita canta la Melodía E Tempo de su autoria, pero en español espero que sea de su agrado aunque no pudimos grabar completamente pero se puede apreciar el esfuerzo de los niños.

    Con afecto Erasmo Aguilera miembro de la Escuela Espírita Orientación Cristiana.

  • Kelly Sabrina Ribeiro Xavier

    Bom dia!!!
    Eu estava pesquisando na internet materiais de apoio ao meu TCC, e não por acaso encontrei o site da ABPE, estou encantada. Quero me associar e me interessei muito pelo curso de Pedagogia Espírita. O tema do meu trabalho é sobre Pestalozzi, estou lendo seu livro: Pestalozzi, Educação e Ética, e gostaria muito de conseguir um contato mais direto, com algo que eu possa colocar em meu TCC. Desde agradeço. Parabéns pelos poemas, sãolindos e emocionantes.

  • Erasmo Aguilera

    Querida amiga aqui dejo este video para que veas parte de la celebración de la Natividad en nuestra escuela con la participación de los niños de la filial espirita ¨Luz y Verdad¨, el evento se dio en las instalaciones de nuestra institución: Escuela Espirita Orientación Cristina.

  • flavia

    Querida Dora,
    gostaria de parabenizá-la por tanta garra e perseverança em busca de liberdade na educação. Gostaria muito de ter seus livros e me surgiu uma percepção enquanto estava no centro espirita se você poderias publicá-los ou reeditá-los na versão E-BOOK, pois eles são a quem evolutiva para muitos jovens.
    conto com a sua colaboração.
    com carinho fraterno flavia

  • Reflexão sobre a tragédia de Sta Maria pela visão Espírita | Por Camila M.

    […] o autor do texto: Dora Incontri é paulistana, nascida em 1962. Jornalista, educadora e escritora. Suas áreas de atuação são […]

  • Reflexão sobre a Tragédia de Sta Maria pelo Espiritismo | Por Camila M.

    […] o autor do texto: Dora Incontri é paulistana, nascida em 1962. Jornalista, educadora e escritora. Suas áreas de atuação são […]

  • gisele de menezes

    Querida Dora, uma amiga me indicou Agora seu blog, pois escrevi sobre o incidente de Santa Maria. Gostei de sua reflexão e convido-a a ler a minha, sinto como se estivéssemos costurando com uma única agulha.
    Em União

  • giseledemenezes

    Querida Dora, Parabéns pelo seu belo trabalho. Entrei agora mesmo aqui, por indicação de uma amiga, pois escrevi sobre o incidente de Santa Maria também. Talvez seja interessante você ler o que escrevi, sinto como se costurássemos com a mesma agulha e linha. Receba um grande abraço.
    Em União

  • Lúcia Mader e Luiz Roberto Gaspar

    Dora

    Compartilho plenamente da sua percepção descrita no artigo a respeito da concepção espírita sobre a tragédia de Santa Maria e confesso que me senti muito feliz ao saber que mais pessoas no meio espírita pensam assim também, como eu e meu marido.
    Gostei de te conhecer, seremos amigas daqui em diante…Parafraseando a Gisele Menezes, no e-mail anterior : …”sinto como se costurássemos com a mesma agulha e linha”…
    Também tenho um Blog onde escrevo minhas crônicas. Venha me visitar, venha me conhecer : http://tramadedama.blogspot.com/
    Um forte abraço
    Lúcia Mader

  • Antônio Carlos Torres Teixeira

    Oi, Dora.
    Minha filha tem 13 anos e frequenta a Mocidade Espírita, de minha cidade, Leopoldina Minas Gerais.
    Simplesmente ela achou estranho que o palestrante abordando o tema do incêndio em Santa Maria, dissesse que todos os que faleceram tinham débitos cármicos pessoais a serem remidos especificamente com esse incêndio.
    Compulsando Kardec, vê-se que os Espíritos falam na lei de destruição como algo natural, necessário à evolução do planeta, não necessariamente como resgate cármico pessoal.
    Expliquei a ela que poderíamos comparar a Terra, ainda pela sua inferioridade, como um chiqueiro. Se eu entrar lá mesmo, que não seja porco, estou sujeito a me sujar.
    Entretanto, a grande maioria dos expositores espíritas se apega a um lado cármico, que dizem não ser fatalista, mas é por si só extremamente contraditório.
    O “destino”, ou os “bons Espíritos”, vão reunir no Circo de Niterói, que será incendiado, todos os que participaram de um incêndio em Roma.
    O “destino”, ou os “bons Espíritos”, fizeram o mesmo em todas as tragédias coletivas e o fizeram em Santa Maria.
    Que me desculpe Humberto Campos, mas como posso acreditar em tamanha falta de racionalidade, de alguém que afirmou em suas crônicas que o planeta Marte é habitado?

    Quando se fala no inexorável carma, pergunto: qual o de Jesus? Qual o de Mohatma Gandhi, qual o de Martin Luther King? e por aí vai.

    Já estava perdendo a paciência, quando vi seu comentário a respeito de Santa Maria.

    Ufa! Até que enfim, encontro pessoas que ainda passam as informações pelo crivo da razão.
    Muito obrigado!
    Antônio Carlos.

  • Cláudia Bacelar de Castro

    Oi Dora se assim permita-me chamar-lhe, fico sempre encantada com a sua desenvoltura e domínio da palavra que lhe é tão peculiar. Quero que saibas que o que vem de voce conforta-me e enriquece-me a alma. Muita paz.

  • Osmir Fernandes

    Dora querida amiga, um abraço de muitas saudades.
    Que bela poesia, para nossos conturbados dias, que tudo possa passar rapido e que novas paginas se façam para este nosso querido Brasil. Que dsejam de igualdade, fraternidade e progresso. Mais um vez meu abraço de saudades, sempre me sentirei proximo a ti.
    Osmir Fernandes

  • Valéria Nazario

    Adorei conhecer seu Blog querida Dora! Tens uma habilidade espetacular com as palavras, e me vi imantada por alguns textos a respeito de assuntos que nos envolve a todos ! Parabéns pelas poesias também ! Muita Paz e alegria no coração.
    Valéria Nazario/ SJCampos 24/07/13

  • priscilla

    Dora,
    Que felicidade encontrar o seu blog. Sou espirita há uns três anos e participo das atividades da minha casa espirita aqui no interior do Piauí.
    Em alusão ao aniversario de Kardec no próximo dia 03 de outubro fui procurar no youtube algum documentário sobre o Codificador além daquele feito peça FEB. Eis que me deparo com o seu documentario “Allan Kardec, O educador espirita” e de imediato escolhi o vídeo para divulga-lo. Quero aqui registrar e agradecer a sua contribuição neste vídeo. Dentro do movimento espirita conhecemos muito bem Kardec como difusor da doutrina, mas pouco falamos sobre o grande educador que ele foi. Como vc afirma de forma brilhante, Rivail foi o educador do homem do aqui e do agora(presente) e Kardec, o do homem trascendental, que busca o seu progresso para toda a eternidade.
    Muito Obrigada!!!
    Abraços

  • Maria Candida Panchorra Arthou

    Acabei de te conhecer….seus poemas me tocaram o ser…vc mistura realidade, vivência com tanta naturalidade…que me reporta ao Universo, á espiritualidade…para uma linda verdade!
    Coloquei seu poema “Bem te vi” , com a devida autoria, claro, e espero q vc continue suas postagens maravilhosas, para que possamos divulgar o que nos arrebenta a alma…e sustenta o ser!!
    Maria Candida Panchorra Arthou. RJ.

  • Regina Vasconcellos

    Sim, acho mesmo o movimento espírita acometido de um silêncio preocupante. As mudanças estão aí e precisam da leitura espírita como recurso de orientação aos que assim se consideram. Desejo-lhe força, coragem e fé.
    Um abraço fraterno.
    Regina

  • Antonio Tadeu Minghin

    Bom dia , Dora
    Acompanho sempre o seu programa na Radio Boa Nova e tenho uma admiração muito grande pelas suas opiniões. Outro dia, ouvi você mencionar sobre um opúsculo publicado por Kardec, indicando Obras que criticam o Espiritismo, até para os leitores virem outras opiniões. Eu te pergunto: você tem esse opúsculo? Tem como pesquisarmos através da internet? muito grato.

  • Kátia Lima

    Dora,
    Conheci você hoje, em uma palestra no I Encontro Nacional De Amigos de Yvonne Pereira, em Volta Redonda. Foi uma alegria e uma emoção ouvir a sua apresentação sobre mediunidade e movimento espírita. Comprei seus livros e continuarei “ouvindo” você. Por aqui sigo estudando a obra da nossa querida Yvonne e trabalhando na evangelização infantil no Grupo Espírita Yvonne Pereira/GEYP. Espero que você tenha um tempo em sua agenda para nos visitar em terras niteroienses. Abraços fraternos. Kátia Lima

  • Marcelo

    Dora, também acredito que, o quê estamos procurando de fato é um terceiro caminho. O caminho que nos leve a enxergar e valorizar cada indivíduo, antes mesmo da religião, dogmas e ritos.

    Permita-me citar: O Dr. Daisaku Ikeda, pacifista, filósofo e poeta laureado, destaca que a revolução de uma única pessoa pode transformar não apenas o seu destino, mas também o de toda a humanidade.

    Nosso grande desafio a partir do século XXI é exercitar nossa tolerância ao diferente, seja cultural, racial, religioso ou étnico.

    Precisamos voltar nossos esforços para o que valorize o Humanismo acima de tudo!

    Parabéns a você!
    Marcelo Guarnieri

  • Savele

    Foi uma alegria e emoção imensas conhecer Dora pessoalmente. Esse final de semana ficará na minha memória para sempre…

  • Karen

    Olá, Dora me chamo Karen, formanda de Pedagogia, em Caxias do Sul, RS. Sou Espírita a muito tempo e a alguns anos conheci seus livros e me encantei com a Pedagogia Espírita, usando suas obras como referencia, fiz meu trabalhos de estagio e agora meu tcc, trazendo para a nossa comunidade acadêmica um pouco desta Pedagogia até então desconhecida por aqui. Adoro seu trabalho e sou sua grande admiradora.
    Muito obrigada por contribuir com suas obras na minha formação enquanto educadora.

  • Giovina Santini

    Sou Giovina Santini, estava no canto da paz com Luiza Barbara. gostei muito da tua voz. Pena que não pude assistir a palestra no Nerc. Mas vou procurar ler teus livros. Giusto de mulheres que se declaram feministas e ainda mais anarqistas graças a Deus. Muitas coisas em comun. Sei que um dia reencontraremos. muita luz pra ti.

  • Romero Silva

    Caríssima Dora, me chamo Romero Silva (Recife-PE), tive a grata satisfação de assistir a um vídeo documentário sobre Alan Kardec, com sua esclarecedora participação, onde, dede então passei a acompanhar seus trabalhos que muito tem contribuído para enriquecer meus conhecimentos, até porque descobri minha vocação ao espiritismo a apenas dois anos onde muito tenho me dedicado ao aprofundamento nos fundamentos da doutrina espírita. Parabéns por sua valiosa contribuição por um mundo melhor, através dos conhecimentos passados aos que tem o privilégio de contemplar suas obras. Fraternal abraço.

  • SILVIO BORBA

    Cara Dora,
    Muito feliz a tua interpretação sobre o tema. Sou trabalhador espírita há muito tempo. Neste setembro “amarelo” vamos trabalhar muito este assunto nas casas espíritas aqui da serra gaúcha, infelizmente o estado do Brasil com maior índice de suicídio.
    É caso de saúde pública mesmo e vivemos um momento extremamente sensível para esta prática.
    Forte abraço e que tenhas sucesso no teu trabalho de levar o esclarecimento a quem precisa.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: