Arquivo do mês: junho 2013

17 de junho de 2013, o dia em que o Gigante acordou

bandeira-brasil-620x310

 

Num momento em que explodem as insatisfações seculares de um povo, que já não aguenta mais o cinismo das classes dominantes, apenas podemos manifestar melhor nossa adesão, através de um poema, que grite na internet, como nas ruas está gritando o povo!

Não são os vinte centavos
Que movem as multidões
E assombram nosso congresso
e assolam os corações!
 
São séculos de opressão
Inesgotáveis impostos
Corrupção sem fronteiras
E cínicos sempre a postos!
 
É nosso trabalho escravo
Sustentado vis Sarneys
É nossa descrença crônica
Na equidade das leis!
 
São as crianças nas ruas
São hospitais em pedaços
São escolas depredadas
E os políticos devassos!
 
Não é um partido ou outro
É uma casta que domina
Desde o Império à República
E nossa esperança mina!
 
O povo se movimenta
Nas ruas embandeiradas
E nasce em nós a centelha
De esperanças tão guardadas!
 
Esperanças de um Brasil
De justiça repartida
De igualdade verdadeira
E de infância protegida!
 
Não são os vinte centavos
Que movem as multidões
Mas é a esperança escondida
Que agita nossas visões!
 
A medida derramou
O gigante se mexeu
Façamos a nossa parte
Eles, nós, vocês e eu!
Anúncios