Lula: a visão de uma anarquista

image

Nunca votei no Lula. Também não votei em Dilma. Nem em Fernando Henrique, nem em Collor. Não votei, porque sou anarquista. O que é ser anarquista? É ter consciência de que os sistemas de governo – todos, incluindo a democracia e incluindo os sistemas pretensamente socialistas que tivemos na história recente – estão sempre a serviço de alguma classe, de alguns privilegiados. O Estado é mantido pela violência militar e policial, que pode ser usada a qualquer momento contra o próprio povo ou contra outros povos. E sempre a serviço de interesses de grupos. No caso da democracia atual, ela está a serviço dos bancos, das corporações, dos lobbies, das elites locais e das elites internacionais. Em momentos menos ruins, sobram alguns direitos a mais para o povo. Em algumas tradições de construção estatal, com mais tempo sob influência de ideias sociais e igualitárias, como alguns países da Europa, houve maior oportunidade para o povo adquirir mais educação e um tanto mais de direitos – mas que agora estão sendo retirados em toda parte.

Em todas as democracias do planeta, é o dinheiro do capital que financia os políticos que, portanto, estão a serviço do capital. Se aqui temos uma Odebrecht, nos EUA, temos por exemplo uma indústria bélica, com que os governos “eleitos democraticamente” estão comprometidos até o pescoço. Já o grande anarquista norte-americano Henry Thoreau, no século XIX, negava-se a pagar impostos, porque o dinheiro seria usado para armamentos e guerras expansionistas, que desde aquela época era a política externa do seu país.

Para entrar no jogo político, portanto, ser eleito, governar e fazer acordos, usa-se dinheiro. O dinheiro corrompe princípios, compra pessoas, atende a interesses de grupos e não aos interesses da coletividade.

Assim, nunca me iludi que o PT pudesse manter uma pureza de vestal, ao entrar no jogo do poder e realmente governar. Por isso, nunca votei no PT.

Mas, dentro dessa realidade de como funciona a democracia, por que se escolheu agora fazer uma cruzada inquisitorial, para varrer a corrupção na política? Por que se derrubou o governo Dilma e se persegue com voracidade a pessoa do Lula? Por que Lula está sendo acusado (ainda sem nenhuma prova e com uma orquestração odienta da mídia em peso) de ter um apartamento triplex no Guarujá e Fernando Henrique, sob cujo governo havia os mesmos esquemas de corrupção endêmica no Brasil, não está sendo investigado por seu apartamento em Paris?

Por que há uma multidão no Brasil espumando de ódio contra um homem de 70 anos, querendo sua prisão, como fanáticos inquisidores queriam eliminar as bruxas? Por que se cuspiu na dignidade de uma mulher como Dilma, que não teve até agora nenhum crime comprovado – quando o congresso nacional e esse governo ilegítimo estão tomados de corruptos já mencionados em todas as investigações em curso?

Por três motivos principais:

1) Porque por mais que os governos do PT tivessem adotado a famosa governabilidade – que significa a composição com as forças econômicas e políticas que desde sempre comandam o país, ainda havia nesses governos uma preocupação com o social e um impedimento de se implementar plenamente o programa neoliberal selvagem a que estamos sendo submetidos desde o golpe. Acabar com todos os direitos trabalhistas, esvaziar ainda mais a já combalida educação pública, arrancar dinheiro da saúde, da previdência e da educação, sem mexer um milímetro com os juros exorbitantes dos bancos e com os impostos devidos pelos ricos… Isso só poderia ser feito por um governo que não foi eleito e que está a serviço desse projeto de neoliberalismo selvagem, que aliás é um projeto internacional.

2) Porque enquanto esses direitos são tirados do povo, a mídia, alimentada em primeira mão pela republiqueta de Curitiba e em conluio com ela, montou um circo inquisitorial, em que o principal bode expiatório é o Lula, com seu suposto e patético triplex. Oferece-se alguém ou um grupo para se odiar, com linchamentos públicos diários, e o povo deixa vir à tona seus instintos mais primitivos, enquanto lhe surrupiam os direitos e a nação. Técnica muito conhecida pelos nazistas e descrita por George Orwell em 1984! Não por acaso, nesse livro é que aparece a figura mediática do Grande Irmão (Big Brother)… Lembra alguma coisa?

3) Porque o Brasil era uma economia ascendente – participante do Brics (grupo composto pelas chamadas economias emergentes, Brasil, Rússia, China, Índia e África do Sul) e economias emergentes devem ser cortadas pela raiz pelo Império dominante no planeta. Gera-se então uma crise artificial, produz-se descontentamento popular e faz-se cair o governo que causa incômodo àqueles que de fato mandam no mundo. E mais, o Brasil, com seus recursos naturais de petróleo e água, não pode crescer com seus recursos. Eles devem ser transferidos aos donos do mundo. Entre as primeiras ações do governo golpista foi a de entregar o pré-sal ao capital estrangeiro.

E toda essa trama que parece maquiavélica e é maquiavélica sim (aliás, uma leitura esclarecedora é O Príncipe de Maquiavel, para vermos como o poder se comporta em todos os tempos) é possível pela alienação do povo e por seu desejo de odiar alguém, em que pode depositar suas frustrações e sua agressividade. Lula é o objeto perfeito para esse ódio, porque muita gente jamais aceitou que um operário, um “analfabeto”, chegasse ao poder…. Por isso tantos acham normal Fernando Henrique ter um apartamento em Paris, mas babam de raiva com um suposto triplex de Lula no Guarujá. Esse menino nordestino saiu do lugar da senzala a que são destinados os de sua classe social. E não vi ninguém espumando contra a Odebrecht, que participou da corrupção de todos os governos….

E por fim, como anarquista e como espírita e cristã, não me apraz ver ninguém, nem Lula, nem qualquer outro político, de qualquer partido, seja José Dirceu, Sérgio Cabral ou Eduardo Cunha (de quem tinha verdadeiro horror quando comandava o Congresso), nenhum ser humano, seja criminoso ou não, ser humilhado, com sua dignidade arrancada. Esse sistema de suposta justiça que temos no mundo, e ainda mais no Brasil com seu sistema carcerário indecente, é na verdade um sistema de vingança social. Não se quer consertar a ação maléfica e melhorar quem a praticou, mas punir sadicamente o indivíduo, satisfazendo um anseio de extermínio do outro. Pessoas diante de um tribunal, culpadas ou não, e pessoas encarceradas, em prisões decentes ou não, me causam compaixão e empatia e não satisfação.

Por tudo isso e mais um pouco, digo o seguinte:

Nunca votei no Lula e nunca votei em nenhum presidente. Mas se esse homem, que cresceu aos meus olhos, pela perseguição implacável que vem sofrendo, conseguir sobreviver ao massacre e se levantar de novo como candidato em 2018, terá finalmente meu voto.

Anúncios

295 respostas para “Lula: a visão de uma anarquista

  • Lauro delgado

    Em parte vc tem razão , mas se a ordem das coisas é o progresso , no futuro a corrupção deslavada de décadas ou séculos será controlada pela educação e pela lei nova.
    Se o futuro da sociedade é a ordem ( jurídiciaria,legislativa,executiva) e o progresso (ético,moral,social),as transformações serão necessárias em todos os países , leve o tempo que levar.
    A educação (ampla)é o caminho para a evolucaove o progressives uma sociedade .vivemos um tempo nunca antes vivido,e não se trata de caça às bruxas, ou melhor se buscam todas as formas de bruxarias usadas para explorar o povo e sugar o estado visando um fim maior.
    Os homens “públicos ” heróis e vilões prestarão contas às suas consciências.
    O tempo é o senhor da razão .
    Viveremos para ver.
    Vai um rei , vem outro, sai um sistema velho e corrompido para entrar uma nova ordem das coisas.
    As oligarquias os grandes conglomerados os bancos passarao .

    • Chaves

      O amigo não entendeu nada do que leu.

      • tony Amaro

        Lauro Delgado não entendeu nada mesmo,coitado não sabe interpretar texto.Eu para dizer a verdade tomei conhecimento dessa belezura de texto pelo blog do Nacif.a muito tempo que não leio algo tão realista.O FHC não é só a apto em Paris deu vários de presente fora o dele em higienópolis .Ninguém investiga é normal.

    • Gildemar Gomes Dos Passos Jr.

      como disse o outro amigo, o amigo não entendeu… o futuro da sociedade não é a ordem… é a empatia… ou a autofagia… será uma questão de escolha… tudo uma questão se prevalecerá nosso lado chimpanzé ou nosso lado bonobo na hora de escolher… entendeu?.. acho que não… ainda…

      • Helenice Araújo Costa

        Muito bom. Maturana põe o amor (ou a empatia) como nossa condição autopoiética no nível social.

    • Eliane

      Isso mesmo, isso é pensar com responsabilidade o futuro.

    • Valter

      Lendo sua interpretação, me veio aquela frase “você enxergar, mas, não quer ver…”
      Você até consegue ter uma consciência dos acontecidos, porem, está seguindo o desejo do sistema insconscientemente…

      É um Golpe! Aceite.

    • Fedegoso

      Em diversos momentos e diferentes lugares, grupos radicalizados concluíram que as desgraças do povo não se deviam nem a lutas de classes (burgueses x proletários) nem grupos étnicos, nem conflitos por crenças religiosas.. Os Guardas Vermelhos da revolução cultural chinesa, a revolução dentro da revolução, a outra volta do parafuso… O Khmer Vermelho no Cambodia, o Sendero Luminoso no Peru.. E outros menos midiáticos, depois de muito pensar acharam que era preciso extirpar a classe letrada, os ilustrados, os escolarizados.. Na verdade era preciso acabar com a cultura urbana, com as cidades, que eram a causa do vicio e da corrupção e voltarem todos á vida simples do campo. Esses sim eram as causas da miséria popular.. Esse é um viés ideológico bem discutível não é? Mas..peraí..vamos pensar em nossos acadêmicos e no produto que sai da universidade em geral: médico que odeia pobre a ponto do governo precisar importá-los de outros países bem mais pobres que o nosso onde eles não sofrem com essa alergia ao povo..professores mentirosos e incompetentes, de jornalistas, juízes, advogados..precisa falar alguma coisa??
      Então eu acho que os letrados fariam bem por sua barba bem cuidada de molho… Não tem nenhuma garantia que essa turma não volte.

  • Angélica

    Amei esse texto Dora! Meu respeito e minha admiração! Pra mim, isto é ser transparente ! me identifico com oque você escreveu e faço este comentário porque sei que é um pensamento que expressa clareza, liberdade e consciência. Valeu!

  • Sebastião Antunes

    Parabéns Dora. Que lucidez! Estava desiludido com as hostes religiosas pela dormência explícita que o movimento apresenta sobre essa lamentável situação que se abate sobre a população brasileira. E eis que, de uma excelente professora e escritora, surge a luz que nos ilumina o caminho. Nós, seguidores do maior preso político que este mundo conheceu, precisamos externar a nossa visão e a nossa posição crística. Parabéns.

  • Natália Samarino

    Obrigada Dora , por escrever esse texto. Me fez muito bem ter lido. Expôs tudo que penso e me deu força para continuar meu trabalho.
    Um Grande Abraço
    Natália Samarino

  • Cláudio Moreira

    O mundo é dominado pelos ignorantes com a colaboração dos insensíveis!

  • Alexandre Pereira

    Dora, sempre que vou ler um texto seu a expectativa é que bom, vamos ver uma opinião lúcida.
    Se o Lula chegar em 2018 sem provas de crimes, só com esse espetáculo bizarro, voto nele também. Mas sem esperança. Uma hora essa ordem mundial da grana se impõe, como aconteceu com Dilma. Nesse contexto até um governo PSOL, que era o antigo PT com discurso moralizante só governa abrindo exceções e não ultrapassando os limites impostos. Enquanto isso, dentro do paradigma espírita muitos ficam aí esperando o planeta chupão resolver tudo com a sua passada de rodo (levando o outro, claro). Como essa ordem internacional não tem interesse em educação libertadora só consigo ver a humanidade saindo desse círculo vicioso de opressão com uma grande intervenção, seja o próprio chupão (intervenção pelo mundo espiritual) ou o contato com alguma raça alien superior (intervenção pelo mundo material), nesse último caso, que nos faça (desculpe o termo) cagar de medo e nos olharmos finalmente como seres humanos, caindo a ideia de nacionalidades e raças superiores.

  • Angela Aparecida Iost Iost

    NOSSAAAAA

  • Nelson Cicconet

    Professora, bom dia.
    Já era fã seu e fiquei ainda mais. Leitura perfeita para esse circo do horrores implantado na “república de Curitiba”. Parabéns pelo texto.
    Abraços

  • Raimunda Raposo

    Bravo! Perfeito. Parabens pelo texto muito elucidativo. Compartilho desse seu pensamento. Mas sempre votei jo Lula e Dilma e voltarei novamente se Deus assim me permitir.

  • Sheila Maria Soares de Sousa

    Bom dia Dora!
    Acabo de saber através de sua publicação que sou Anarquista e não sabia. Esse seu ponto de vista é o ponto de vista mais próximo do que eu penso. Tenho consciência que o Sistema precisa ser mudado, posto que como cheguei a conclusão sobre o “vil metal” e caiu a ficha que ele não é tão vil assim, mas as pessoas sem Moral e Caráter que mostram a cara, quando diante do “poder”. Sei que és uma Educadora por excelência, admiro seu trabalho e competência como profissional e mulher, e vejo o futuro nas mãos de uma Educação que nossa gente precisa construir, pautada em conhecimento e valores morais e éticos cristão, pois muitos que dizem seguir ao cristo também se corrompem. Mas a minha fé em Deus e a certeza que estamos pasando a limpo a história da humanidade, através do Caos que leva à reflexão madura aos que têm olhos de ver. Tudo o que vejo narrado em seu texto é de uma real sensibilidade de quem compreende a vida e a vive de forma escorreita e digna. Que Deus ilumine seus projetos Educacionais e que num futuronão muito distante possamos nós outros que estamos em busca do Bem do belo e de uma Sociedade mais humana e mais justa, possamos ter ao nosso lado irmãos preparados para mudar esse momento de transição pelo qual a humanidade passa. Paz , Amor , serenidade sempre.

  • Maxwell Teixeira

    Querida Dora, respeito profundamente sua posição neste ponto que nasce também, creio, de sua sensibilidade diante das injustiças sociais que este Governo atual perpetra com muito mais intensidade e crueza do que quaisquer outros governos anteriores. Vou deixar mais abaixo uma reflexão que fiz recentemente e que foca também numa espiritualidade que nos ajude a estar arctipicamente (como diria Herculano Pires) neste mundo, sem ser simbioticamente, acriticamente, dele. Votar ou não votar em Lula, que encarna nostalgicamente para muita gente uma melhoria de vida dos desvalidos e mais desfavorecidos a nível do consumo, é uma questão incidental para mim e se torna infrutífero quando não nos conscientizamos do que é essencial para nossa evolução espiritual. Eu, inclusive poderei votar nele se projetos de ódio mais virulento (tipo Bolsonaro) demandarem isso. Enfim, a questão é muito mais profunda se lembramos que mesmo o governo Lula/Dilma reprimiu muitas contestações legitimas no seu governo, como a resistência dos indigenas e povos ribeirinhos ao projeto de Belo Monte e mesmo as manifestações de 2013, que acabaram sendo capturadas pelos ressentimentos fascistóides e maquiavélicos.

  • Maria Isabel Campos Freitas

    Dora Incontri, sinceramente após o depoimento de ontem, senti na obrigação de tecer comentários com amigos mas não sabia o que dizer e nem por onde começar. Fiquei sem ação. Seu texto me alimentou. Parabéns e obrigada!

  • adrianajaegersantos

    Querida Dora! Parabéns pelo seu texto. Em consonância com os princípios espíritas, cristãos e históricos da nossa pátria, da nossa história. Seus conhecimentos em filosofia e pedagogia, nos deixam seguros de que não é uma simples opinião do velho “achismo” no movimento espírita. Trata-se de uma análise de qualidade e balizada dos ultimos acontecimentos históricos do nosso país e em perfeita harmonia com análises dos melhores cientistas políticos do país e do exterior (diga-se de passagem, não comprometidos com o golpe em curso). Nossos melhores diplomatas, e portanto acostumados com análises de conjuntura, dizem a mesma coisa. Quanto à sua sensibilidade em relação ao Lula, tenho que dizer que, de fato, há interesse eleitoreiro nessa perseguição que já passou do bom senso e me espanta que espíritas “mordam a isca” e queiram ser “justiceiros”, sendo manipulados para ter uma opinião que não é um “bom senso” mas um “senso comum”. Uma pena pois tão advertidos que são pelo Evangelho e pela obra de Kardec para que saibam examinar melhor os fatos. A notícia boa é que o Brasil, tão vilipendiado como foi, continua rico, ou seja, ainda temos potência para crescer muito, se nos libertarmos do colonialismo e do atavismo egoísta da nossa elite dominante do poder oligárquico, podemos, ao arrepio da “águia dominadora”, ser sim uma potência importante. Claro que ainda há luta a ser feita e estar ao lado da população nesse momento histórico, dos pobres e oprimidos (e a linguagem não é comunista é do próprio Evangelho do Cristo!) para nossa dignidade para evolução dos Direitos do Homem é uma necessidade pois, ainda não estamos prontos, ainda há muito a avançar. Parabéns por se posicionar com bom senso e argumentos lúcidos. Obrigada por ter você no movimento espírita, prossiga! Quanto aos contrários e que certamente existem e existirão, leve sempre que só Deus para julgar, e que qualquer julgamento, sem caridade, pode estar equivocado, já que, caso não o fossemos, não estaríamos aqui encarnados e sujeitos a, no calor dos acontecimentos aprender a amar os contrários. Grande abraço! Sigamos comprometidas com a causa maior da nossa consciência tranquila nos nossos posicionamentos sinceros na construção de um Espiritismo com debate aberto, sem tabus, questionador, sem melindres, exclusividades, preferidos e “maiores” e “menores”, lembrando, ainda, da lição imperecível do mestre Jesus sobre hierarquias e seu precioso método da maiêutica socrática.

  • Em artigo demolidor, anarquista explica porque ex-presidente Lula cresce nas pesquisas

    […] Nunca votei no Lula e nunca votei em nenhum presidente. Mas se esse homem, que cresceu aos meus olhos, pela perseguição implacável que vem sofrendo, conseguir sobreviver ao massacre e se levantar de novo como candidato em 2018, terá finalmente meu voto. (Do site de Dora Incontri) […]

  • JB Costa

    Parabéns pelo excelente texto. Peço licença para compartilhá-lo.

  • Antonio Tadeu Minghin

    Votei uma vez no Lula e digo não votarei jamais. Esta perseguição que a senhora atribui a ele, é, simplesmente porque a justiça agora está agindo e a impunidade, ainda que, lenta e gradual, está sendo combatida. PARABÉNS À FORÇA TAREFA E AOS JUÍZES dignos e querendo ver um Brasil limpo e honesto. Agora, quem quiser continuar a ser roubado, é opção de cada um.

    • Flávia

      Ufa! Pensei que só eu fosse a esquerda da esquerda. Obrigada, Antônio Tadeu Minghin por não me deixar sozinha…
      Lula é mais um farsante, manipulador e bem assessorado do mal que conhecemos.
      Precisamos sim, de outro candidato. Não mais uma Dilma ou Temer ou Lulinha .
      Trazer de volta antigos políticos é retroceder.
      Ave, Curitiba! Temos sim que começar a limpar a sujeira.

      • Milene

        Ufa 2 também achei que estava sozinha nessa.
        Viva Curitiba que nos coloca a frente das notícias.
        Humilhado somos nós com o descaso na saúde e demais setores.
        Não votei em Lula,Dilma e jamais votarei.
        Que apareçam novas pessoas políticos que possam nos representar. 💚💛

      • Adma

        Oi você não está a esquerda dá esquerda. Só de apoiarem essa república fascista de Curitiba, com promotores e juiz doutrinados nos EUA para defender nteress s norte-americanos (não sou eu que digo, é o Wikileaks) mas será que vcs fizeram opção por um lado e esse lado não é o do povo brasileiro.

      • Paulo Rodrigues

        Afu [o contrário dos ufa], pessoas vibrando com tudo que estão fazendo em Curitiba! Pisoteiam a lei, para dizer o mínimo! O ódio ainda campeia solto na mente dessa gente! Parabéns à senhora que escreveu o texto inicial! Análise inteligente, que os que ainda babam ódio não entenderam!

    • Sergio

      Ainda bem, Antônio Tadeu, que há gente lúcida como você no Brasil. Os lulistas agora estão pagando de isentões, mas continuam defendendo o indefensável. Ou se fazem de trouxas ou são trouxas mesmo.

    • Antônio

      Exatamente assim

    • Paula

      O dia que vc tirar a venda dos olhos, verá muito mais coisas além do seu ódio. O dia que se permitir enxergar os aécios, temers, fhcs, jucás, serras e outros, veras que Lula não é ninguém na bandidagem. Permite-se!

      • Caipe

        Só o filho dele que ficou milionário no seu governo,mas foi tudo no suor,garra e honestidade como todos da família dele são..kkk!!não estou com olhos vendados mas se não “provarem”nada contra Lula,que com certeza ele dificilmente deixou rastros com seu nome,pois sabia que um dia as coisas poderiam ser investigadas,ele será candidato e não votarei nele,pq não me representa, acredito que os discursos dele não são nada amorosos..sempre quando tem manisfesto desse povo ,são eles que matam e destroem patrimônios adquiridos com muito suor,em busca de seus dejesos..

    • BGaruva

      Claro, você não leu o texto. Ou apenas o “leu”.

    • Núbia

      O texto foi interessante mas realmente defender esse homem e demais. A Justiça será feita sim. Doa a quem doer. Com ele é com todos os demais. Tenho Fé que vamos ver um por um cair. Pq enquanto uns defendem esses corruptos milhares de brasileiros passam fome e morrem nos hospitais públicos.

    • Saara Nousiainen

      Entendo que o Projeto de Lula em seu primeiro mandato foi o Brasil, o povo, mas depois passou a ser de PODER e de ESQUERDISMO, canalizando bilhões para países esquerdistas, e com o péssimo governo da Dilma, acabamos como estamos agora… 14 milhões de desempregados… Lula não teria tido nenhuma culpa nisso?
      Chorei de emoção com o primeiro discurso dele como presidente, depois… a tristeza de ver no que deu.

    • Vieirajr

      A força tarefa da elite conservadora é não só colocar à venda mas trancá-la e jogar a chave nos porões da ditadura que pequena parcela brasileira defende de olhos lacrados.

    • José Fernandes da Costa

      Vieirajr; quem quiser continuar sendo roubado e ver os ladrões impunes vote no psdb; pois nos ladrões tucanos o Moro que também é tucano; não bota a mão. Pelo contrário ele engaveta as provas assim como engavetou no caso Banestado que o desvio foi de 520 bilhões e também engavetou o dinheiro voador do Cássio Cunha no caso compra de votos na Paraíba em 2006 e a sua justiça e PF corrupta fechou os olhos pro helicóptero com 450 kilos de cocoaina em MG e pra finalizar o Moro deveria prender os ladrões da APAE.

    • Paulo Miranda

      Perfeito! Parabéns!

    • Chaves

      O amigo não entendeu nada do ela escreveu. e nem o que está acontecendo no País e no mundo?

    • Isadora

      Perfeito!! Finalmente alguém se manifesta contrariamente. Também votei uma vez e nunca mais.

  • Thamara Duarte

    Sempre votei em Lula. Mais do que isso, vou às ruas, defendo, faço campanha e voto. Já fui petista, mas já há algum tempo me defino como humanista, defendendo a vida plena e a felicidade para todos os seres da Terra.
    Digo tudo isso, para resumir numa frase: amei a lucidez do seu texto! E, claro, não deixo de afirmar meu contentamento, em ver que alguém tão especial, embora que não conheça, está junto conosco nesta caminhada rumo a 2018. Valeu a intenção da semente!!!
    Abração, cara Dora! Foi um imenso prazer lhe conhecer!

    • Tania Christovan

      Respeito a opinião de todos! Eu costumo dizer que não sou Lula, estou no momento Lula, porque como trabalhadora, que depende da boa vontade dos políticos para manter meus direitos, defendo aquele que melhor representa e fez por meus direitos. concordo que o outro lado está muito bem representado pelo poder, principalmente da mídia. Agora, não caio nesta de odiar Lula, enquanto surrupiam meus direitos.

  • LIGIA CABRAL BARBOSA

    “Espíritas instruí-vos!” / “E amai-vos!”
    Sempre entro e sempre saio da sua página Dora com este pensamento o seu texto me instruir e me ajuda no exercício de amar o outro significando que amar o outro é ter paciência é ter compreensão com quem estamos a viver: num Brasil destroçado num Brasil adoecido num Brasil vitimado por si mesmo pelos seus egoísmos …” me assusta o silêncio dos bons os que se dizem esclarecidos e o quê estão militando no ambiente doutrinário espírita quando fazem julgamentos precipitados desumanos e cruéis semelhante aos outros

  • Dalmo Gonçalves Machado

    Parabéns pelas sábias palavras e colocação…

  • BRILHANTE EM SUA SIMPLICIDADE. ESCLARECEDOR EM SUA CRÔNICA. PRAZER EM LER… | Gustavo Horta

    […] Nunca votei no Lula e nunca votei em nenhum presidente. Mas se esse homem, que cresceu aos meus olhos, pela perseguição implacável que vem sofrendo, conseguir sobreviver ao massacre e se levantar de novo como candidato em 2018, terá finalmente meu voto. (Do site de Dora Incontri)“ […]

  • christiana Oliva

    Sou petista e estou felicíssima com esse real e contundente comentário ao qual concordo c td até com seu olhar anarquista de não votar. Visto que o sistema é vicioso e não muda o curso. Qnt a ele se levantar eu realmente acredito que será seu primeiro voto. Pois ou o matam ou o prendem, não o apagarão, justamente por sair do nada e abalar a política neoliberal do capitalismo mundial. Acho realmente quer o iluminati não esperava esse verbete. Parabéns pelo texto. Perfeito

  • Mauricio

    É anarquista mas vai votar? Experimente ler sobre mises e tente descobrir o que você é de fato.

    • Shantty

      O texto trouxe uma reflexão muito boa sobre a indulgência. Concordo com ela plenamente sobre não alimentar sentimentos negativos e disseminar ódio (principalmente seletivo).
      Mas dizer que vai votar em Lula no final foi muito forçado. Não me pareceu nem um pouco libertária, é esquerda disfarçada ou está deixando-se manipular pela situação.

    • BGaruva

      Relacionar a posição de Dora Incontri com Mises é um chute. O artigo dela aponta para outras questões.

    • Luciano

      O que Mises tem a ver? Que tal ler Kropotkin, Bakunin ou Proudhon, até Élisée Reclus, que são filósofos mais sérios e coerentes? Esses neoliberais que deformaram a anarquia a serviço de uma utopia mercadológica são simplesmente ridículos; precisam ler mais sobre o anarquismo de verdade antes de inventar absurdos como “anarcocapitalismo”.

  • Mario

    Já há algum tempo sou um desiludido com política e políticos. Declarar preferência por um ou por outro, por justiça ou injustiça é apoiar um dos lados em um combate entre facções. Triste sina deste país. O assunto é de difícil digestão por espíritas de coração…

    • Chaves

      O amado não entendeu nada do ela falou e também não percebe o que está acontecendo no mundo e no País? Leia o livro “A Privataria Tucana” de maurício Jr. E procure esses casos ai;

      Quem quiser continuar sendo roubado e ver os ladrões impunes vote no psdb; pois nos ladrões tucanos o Moro que também é tucano; não bota a mão. Pelo contrário ele engaveta as provas assim como engavetou no caso Banestado que o desvio foi de 520 bilhões e também engavetou o dinheiro voador do Cássio Cunha no caso compra de votos na Paraíba em 2006 e a sua justiça e PF corrupta fechou os olhos pro helicóptero com 450 kilos de cocoaina em MG e pra finalizar o Moro deveria prender os ladrões da APAE.

      Acorde para a realidade do seu País e pense no futuro dos seus filhos e netos e bisnetos e tataranetos e no seu próximo que será desfavorecido com essa política que os ladrões estão tentando impor no País para assolar mais ainda o Povo. É disso que ela está falando. Ela foi muito clara no seu texto, é ler com atenção!

      • Rosângela

        De acordo total! Conheço diversas pessoas que por terem contato com o empresariado, partilham da mesma visão daqueles que lutam pela classe interessada dos tucanos, mas esquecem que a classe deles é outra! Não sou petista, mas me revolta ver esse circo todo apenas para um, e o restante da corja inclusive o presidente pintam e bordam a vontade! Espero que não abram os olhos tarde demais!

  • Mário Sérgio Lopes da Rocha

    Grato Dora pelo texto. A esperança de uma nação justa e misericordiosa nos alimenta; onde os valores que engrandecem a humanidade estejam em primeiro plano. A busca cega pelo poder origina toda essa desordem,ganancia, corrupção e tudo que precariza a dignidade da coletividade em prol da riqueza material de poucos. Felicidades!!

  • Jose C Reis

    É muito bom, quando em meio a tanta lama verbal, a gente consegue garimpar o ouro de um pensamento sensato e inteligente. Parabéns Dora pela elucidação luminosa e educativa de suas palavras, obrigado.

  • vânia da rosa

    Parabéns, Dora, assim também penso eu, mas, veja, que entraram duas pessoas que não entenderam a profundidade dos acontecimentos atuais. vai ser preciso tempo, se é que há com o plano illuminati, para conscientização das pessoas. Um único senão, creio que se Lula fizesse um governo totalmente oposto ao programa dos interesses globais sofreria um impeachement imediato.

  • Roberto Brutus

    Ainda bem que não acredito em tudo que leio na internet. Pois, embora compartilhe de muitos dos sentimentos anarquistas, nunca vou me considerar um anarquista apenas por ter chegado a conclusão óbvia de que “os sistemas de governo estão sempre a serviço de alguma classe, de alguns privilegiados”. Isso é natural do ser humano. Sobrevivência do mais apto. Posso não gostar, mas simplesmente acontece!

    Esse é o mal do idealista comunista, socialista, anarquista e até do da ultra direita: acha q o seu sistema é o melhor e deve prevalecer… pois todo mundo pensa igual a ele e compartilha dos seu valores éticos e morais. Mas não rola assim.

    O Estado é necessário, pois não estamos rodeados de iguais, mas sim de gente RUIM até a alma, gente aproveitadora. Criminosos. E tem familia que muitas vezes os apoiam a permanecer no crime. E esse povo vota! Eles tem voz e tiram seu sustento no meio do caos social. Aliás de onde acham q vem os políticos? A sociedade não tem os valores mínimos para sequer cogitarmos o anarquismo. Anarquismo hoje? Seria o inferno na terra.

    Não há mecanismos eficazes de controle dessa massa criminosa. A educação é base para o futuro, mas esse projeto nunca começa, logo esse futuro ideal nunca chega, por isso a repressão é necessária para o problema presente. Parte da função das penas é colocar medo no cidadão com potencial de delinquir. Por isso não posso concordar com essa visão quanto ao indivíduo preso de compaixão ou sadismo. O que sinto é que o estado e suas prisões atuam como remendo a uma situação terrível que nos rodeia. Mal necessário.

    Vítima da sociedade uma ova, pois cansamos de ver casos de pobre bandido e pobre honesto. Assim como de rico bandido e de rico honesto.

    Quanto ao Lula, não acho q esteja sendo injustiçado. Não acredito na velha tese de “não sabia de nada”. Cercado de bandidos que roubaram bilhões em dinheiro. Convivendo, conversando, tramando… impossível não saber de nada. Apenas gostaria de ver o mesmo rigor da justiça com os tucanos, mas isso está LONGE de ser o foco da minha preocupação, pois um cara claramente suspeito está sendo investigado. ÓTIMO!

    Não acho q conseguirão provar nada contra ele, mas votar num cara q nomeou e conviveu com tanto ladrão seria dar uma mensagem de q o crime compensa e as velhas práticas devem perdurar. To fora. Voto nulo.

  • nelson

    Dora, na minha analogia,seu texto tem informações importantes,porém afirmar que vai votar no Lula em 2018, é fazer mais do mesmo, contudo concluo eu que a sua anarquia é capitalista neoliberal globalizada. REVOLUÇÃO JÁ!!

  • FELICIO SINGILLO NETO

    Meu Deus, que visão excelente.
    Parabéns pela clareza.
    Abraço
    Felicio

  • Alinor r jr

    Meu Deus… que texto exemplar.
    Parabéns.

  • Fátima santos

    Amei ler isso! Realmente eu sei que na política não existe ninguém Santo,Santo é SÓ Deus,mas eu voto e sempre votei no Lula, por que pra mim, apesar de muitos erros, ele ainda
    é o melhor presidente que esse país ja teve, principalmente para os menos favorecidos.

  • Anronio Grave

    Sempre votei em eleições. O primeiro governo petista me causou tamanha impressão positiva que passei a achar possível um governante não ser apenas boneco dos poderosos e que alguma migalha poderia ser recolhida no chão pelos miseraveis. Sabia que isso duraria pouco, porque as corporações tem o poder de destruir rapidamente qualquer possibilidade de possível perda de qualquer centavo. A república de Curitiba está metida em uma armadilha em que se meteu, por iniciativa própria, quando decidiu optar pelo “apoio à condenação midiática” antes da análise das provas. Agora, se as evidências os obrigarem a absolver os previamente condenados, serão execrados pelos mesmos que hoje se arvoram seus defensores.
    No mais, concordo integralmente com o seu corajoso texto.

  • rodox13

    O Lula não é, nem nunca foi digno para lamentarmos que sua dignidade foi arrancada. Quem trabalhou com ele, ou filiado obrigatoriamente ao sindicato dele nas decadas de 70 e 80, sabe exatamente de quem se está falando.

    O exagero existe com a montagem do circo… Mas o acusado principal, não é nenhum palhaço de circo nao, é um magico que sabe iludir vc na sua cara sem que vc note absolutamente nada.

    • Ana

      Finalmente alguém sensato nestes comentários. Tu O Lula não é e nunca foi inocente. Foi conivente com toda a roubalheira que ocorreu neste país nestes últimos 13 anos. Desculpa, política do pão e do circo não rola comigo. Sou anarquista Tb e continuo votando nulo. Nunca votaria no Lula. Nunca msm.

  • Enilson Ferreira Bastos

    Simplesmente ganhei o meu dia lendo isso. Obrigado.

  • Arlene Viana da Silva

    Não achei que ele foi humilhado, teve a oportunidade de se defender e isso ele fez, embora com algumas contradições, mas querer tapar o sol com a peneira é outra coisa!
    Eu votei nele na primeira eleição, vi uma proposta boa para o povo, fez isso no mandato citado acima, mas depois deixou se levar pelas benesses!

  • Rose Maua

    ObrigadaDora pelo texto perfeito,esclarecedor lucido de bom senso,gostaria que pudesse ser divulgado em todas casas Espiritas,nao como imposiçao, mas como esclarecimento.estou de alma lavada,peco licensa p compartilhar, abraco fraterno, gratidào.

  • Valeria Reis Bezerra

    Bom texto. Bom contrapinto ao senso comum conservafor e ao fascismo dessa elite brasileira. Mas, compatar o Zé Dirceu ao Cunha e Cabral é de um injustiça oça política e pessoal grave. Discordo disso.

    • Astênio Evangelista de Oliveira

      É isso aí, Dora. Como seres humanos, temos o dever de pensar, e não seguir às cegas as falsas verdades aplaudidas pela maioria. Suporte as pedradas que te atirem. Valerá a pena.

  • Valeria Reis Bezerra

    Bom texto. Bom contraponto ao senso comum conservador e ao fascismo dessa elite brasileira. Mas, comparar o Zé Dirceu ao Cunha e Cabral é de um injustiça política e pessoal sem tamanho. Discordo disso.

  • Emerson Pires Leal

    Só uma ressalva, nunca tivemos no Brasil um “sistema pretensamente socialista”. O PT não tem nada de socialista – nem nunca teve. ELe é, na melhor das hipóteses, social-democrata de esquerda.

  • José Iranildo Nepomuceno

    É uma visão da mais pura realidade. Não há vontade política de dar solução aos problemas forjados pelos políticos ditos corruptos. O alvo da questão é o Sr. Luiz Inácio Lula da Silva.

  • Reginalda Requenha

    Também compartilho de seus argumentos. Só não afirmo votar no lula mas não apoio o que estão fazendo!

  • José Soares

    Parabéns pelo brilhante artigo,Você merece o título de “discípula ” de J.Herculano Pires.Tomo a liberdade de fazer uma correção:você diz,no texto que é “Espírita e cristã.Sim,somos ESPIRITA
    CRISTÃ.Pode-se ser:Espírita e Maçom,Católico e Maçom,porém nunca Espírita e Cristão.Ser Cristão.Implica em aceitar todo um edifício teo lógico com toda carga “negativa”que a História nos apresenta,Por isso é que Allan Kardec define a questão muito bem em “O LIVRO DOS MEDIUNS”em seu cap.III,item 3.

    O que convém ao Espírita é a essência da mensagem do Cristo,em Espírito e Verdade.Esta mensagem é a está exposta em ” O Evangelho Segundo o Espiritismo”,

    Creio que nada mais além.

    Do companheiro de jornada Espírita,José Soares
    (Economista,Pós- Graduado em Economia Agrícola(Itália) e membro efeti
    vo da Ordem dos Economia do Brasil)

  • otto guerra netto

    oi dora
    bom te ler. muito. eu li um pré anarquista, o thoreau, e hj mais q no século XVIII o dinheiro é o deus dos homens. multidões trocam seus ideais e sonhos, por dinheiro. estão perdidos. fui anarquista até virar brizolista. me apaixonei pelo darcy ribeiro. não concordo com o capitalismo, muito menos o neocapitalismo. no entando queiramos ou não estamos afundados nisso. e a democracia (a mesma q elegeu trump) é péssima. mas o q poderia substituir? o anarquismo é uma bela utopia. nós temos dois lados em eterna luta, o animal e o humano. isso vai seguir sempre. leis, governos, países, são mal necessário. no caos a barbárie impera. não?

  • TASSIA FERNANDES

    Amei seu texto! Finalmente encontrei um blog que vale a pena ler. Venho pesquisando sobre o anarquismo e a cada dia me surpreendo positivamente com essa visão política. Também sou espírita e vejo como lógico o posicionamento anarquista diante do mundo em que vivemos. É exatamente o que você explanou: todo sistema político tem um senhor a servir. Uno a visão espírita ao anarquismo porque parecem analisar a sociedade de forma mais ampla, como se vissem num plano aberto as imbricadas teias que unem tantas realidades, tantos indivíduos.

  • JOSE RICARDO NUNES MENDONÇA

    Que texto bonito. Beijos.

  • Sueli

    UAU! TEM LUZ NO MUNDO!
    OBRIGADA.

  • hackteria

    Mas os cortes e as reformas não foram iniciadas nos governos do PT?? E os lucros dos banqueiros não foram maiores nos governos do PT?? E porque mesmo tanta preocupação com uma matriz energética não renovável, poluente e causadora dos grandes conflitos da humanidade??tem coisa mas Neo liberal do que a afirmação que os “fins justificam os meios” ??

  • Denise Peteira

    Perfeita analise!! Lucida e coerente ! Desejo que Lula saia dessa e seja novamente candidato para ter esse voto!! O meu ele sempre teve e terá.

  • Denise Peteira

    Perfeita analise!! Lucida e coerente ! Desejo que Lula saia dessa e seja novamente candidato para ter esse voto!! O meu ele sempre teve e terá.

  • Carlos Augusto de Farias

    Dora, parabéns pela transparência e lucidez. Seu texto é inspirador. Abraços.

  • Maria Angélica de Castro

    Que analise fantástica e retrata com precisão o momento político que vivemos em nosso país. Compartilho do anarquismo é também compartilho da sua decisão: votarei no Lula se ele não for condenado pela inquisição. Parabens

  • Jair Neris

    Parabéns pelo texto tão elucidativo, ganhou mais um seguidor.Grato.

  • Norma Nogueira

    Esse texto me faz chorar em todo contesto do meu Povo infelismente ser colonia (pseudonimo) dentro das ideias e de um mudo Fato. Esse homem que veio do povo e entrou nas cortinas pretas de um palco politico, foi uma esperiencia de um jovem pobre dentro de uma faculdade Europeia, recebendo seu trote, so espero que ele sobreviva senao sera Imortal

  • Ana Cardoso

    Terá o meu também!
    Ops eu me revoltei com a Odebrescht sim e publiquei na minha página. ..

  • Adalberto Ricardo Pessoa

    Um dos melhores textos críticos que já li desde que o Golpe ocorreu. Corresponde com exatidão ao que eu penso. A construção discursiva flui, com alto poder de síntese, transparência, clareza, coesão e consistência lógica. Brilhante!

  • José H. Zidde

    Cara Dora, embora espírita há anos não a conhecia. Dirijo-me a você para agradecer pelo texto que acabo de ler, confessando que votei no Lula nos últimos 20 anos ,porém sempre buscava uma reposta sobre o porquê de meu voto, embora não concordando com alguns aspectos de seu governo. Tal resposta me foi dada por esta irretocável dissertação, a respeito do possível futuro voto que você se propõe a dar. Sinto-me confortado imensamente pelas suas palavras , sobretudo no que diz toca a nossa religião, pois ando fortemente abalado com posições de confrades dos Centros que frequento , tendo que evitar assuntos com eles sobre posições ideológicas , sendo até motivo de inibições e em alguns casos do mais absoluto silêncio. Ao ler este artigo, voltam as esperanças de ter pessoas progressistas e esclarecidas (embora em pequeníssimo número) , dentre os profitentes da Doutrina. Cordialmente. José Zidde

  • Fabrício Vale

    Foi bom ter encontrando esse texto. Já vi espíritas dizendo que Moro é um grande missionário e dentro de dentro espírita vi uma senhora falando que temos que orar para que o comunismo não tome conta do Brasil.

    • Arlene costa

      Este discurso de comunismo é da década de 60. Não existe mais comunismo no mundo. Nem na China. Hoje o que tem no mundo é economia de mercado , também em Cuba.
      Claro que existe governo totalitário como na Coreia do Norte.

      • Fabrício Vale

        Sim, o discurso é antigo e por isso fiquei pasmo ver dentro de centro espírita uma senhora dizer o que citei.
        Eu acho que o ideal comunista está mais próximo do ensinos do Cristo que o capitalismo, mas será preciso mais que um milênio para que o comunismo possa vir a ser implantado aqui na Terra.
        Já o capitalismo, principalmente nessa modalidade neoliberal e com a extrema concentração de renda (já prevista por Marx), o que tem a ver com o cristianismo.

  • Ana Cristina de Andrade lyra

    Texto brilhante , me emocionei com tanta clareza do que se tornou a nossa orbe terrestre.

  • Elaine

    Parabéns pelo texto! Vou compartilhar!

  • Jorge LuizJORGE

    Visão espírita-cristã, genuína, embora poucos a alcance em sua essência.

  • Cleomar do Nascimento Cota

    Parabéns Dora! foi a matéria mais inteligente e sensata que vi ultimamente, precisamos de muitas Doras como você, pois o Brasil está de verdade, carente de mentes brilhantes como a sua! creio minha querida Dora! que Lula, ora um mártir pagando pela sua origem,. todo o seu calvário, se dar ao fato de não ter sido um presidente elitista. Mas nos meus parcos conhecimentos, acredito que ele sairá ileso são salvo, deste massacre que está sendo submetido.

  • Alexandre Sant'Anna

    Parabéns pelo texto! Maravilhoso! Concordo em número, gênero e grau.

  • ZILDA

    Dora Querida,obrigada pelo presente.Melhor,só dois deste.Bjsss na alma.

  • Elied Barbosa

    Brilhante!

  • Sylvia Pezzoni

    Adorei o seu comentário, bem poucas as pessoas, ditas brasileiras, tem a coragem de escrever e publicar esse texto, mesmo porque mexe com o vespeiro. Continue assim, justa, coerente, com o olhar voltado pelo social e enxergando além. Parabéns !

  • VITOR DE CARVALHO

    Bom texto. Apesar de não ser anarquista, concordo com os motivos apresentados. Eu só acrescentaria mais um, o pré-sal, que fez os eua apoiarem o golpe aqui.

  • Morgan

    Não a conheço, nem sou anarquista. Mas, sou espírita e preocupado com os caminhos que trilhamos para um horizonte de retrocesso apocalíptico. Parabéns por sua clareza e humildade em abnegar-se em prol de um bem maior. Sempre votei no Lula, que não é perfeito; como nós espíritas, também não somos. Mas ele é um homem sensível aos clamores do povo e muito forte pra superar tanta bandalheira.

  • Roberto Almeida

    Muito bacana. Me ajudou a ter mais certeza daquilo em que acredito e tento passar para os meus dois filhotes.

    Serei seu leitor assíduo.

  • Fernando Giordano

    A Anarquia é uma ideia que fere a natureza como um todo e humana, o princípio da autoridade é nato entre homens e animais, sem um poder central, nenhuma sociedade humana prospera, sequer se cria, pois onde houver dois humanos ou mais, alguém vai ter que dar decisão, não há como fazer coisas independentes se seremos dependentes de nossas ações e interações. A anarquia só interessa ao mais forte, jamais será um beneficio ao mais fraco, a anarquia sempre será a deixa oportunista para o fascismo e a opressão, os mais ávidos tomarão sempre conta dos mais letárgicos e usarão da força bruta para dominar e espoliar. Como principio de liberdade é uma utopia pós socialismo, mas muito mais dificil de se instalar em qualquer lugar neste planeta. Assim, vote no que é possível e que está ao nosso alcance, nunca sonegue o poder do seu voto, se assim o fizer deixará sempre a decisão para quem você não quer e perderá assim, o direito de reclamar pela sua omissão.

    • Fabrício Vale

      Fernando, não se prenda ao senso-comem sobre o significado de “anarquia”. Apesar de achar a anarquia impossível de se implantar, como principio diretivo individual é plenamente válido. Sou simpatizante, mas prefiro o socialismo utópico como modelo. Aquele socialismo utópico que nasceu lá na Europa e provocou muitas experiências sociais… atualizado com a doutrina social espírita.

      • Fernando Giordano

        Olá Fabricio. Eu não me refiro a anarquia do ponto de vista simplório como caos ou bagunça, mas como princípio de um sistema de governo, está implícito de que não há sistema de governo na anarquia, portanto não admite essa premissa, não pagar imposto fere o principio da união e ademais seria um paradoxo a existência de um sistema de governo em um meio que o despreza, um ser coletivo só pode existir com a contribuição de cada um, promulgar independência dentro de um ambiente coletivo não faz o menor sentido, nós até fazemos por nós individualmente até um certo ponto, mas jamais faremos algo coletivo agindo somente do ponto de vista INDIVIDUAL, essa conjunção não fecha, é impossível de ser costurada. A maioria dos nossos anseios são de natureza coletiva, só se realizam em um ambiente social, com paridade de demandas e de capacidades, o coletivo faz valer nossas fraquezas, escancara nossas dificuldades as quais podem ser compensadas com a força coletiva a qual tem ou teria o dom de dar equilíbrio, justeza e medida, dando a todos as mesmas oportunidades e principalmente, igualando nossas capacidades. Há uma coisa que todos esquecemos, o tempo, nossas faculdades se alteram com o tempo, uma hora somos dependentes totais, outra somos sujeito e tocamos demandas em outras custamos caro, é da vida, é o ato de existir, somos mutáveis, carecemos de energia e quando esta sessa ou se reduz o amparo social é a única maneira de garantir nossas própria existência, pois nunca seremos sempre fortes ou sempre fracos, oscilamos como a natureza. um estado social, com garantias e deveres mesclando regime de mercado com sistema socialista de governo, enseja todos os meios necessários à vida e a sociedade, uma sociedade só prosperará com união, jamais com divisão.

    • Bel Cardoso

      O comentário mais sensato.

    • Diogo G

      Fernando já ouviu do Anarcocomunismo? Dentre as ideias do Anarquismo, a de democracia direta é para mim a mais viavel. Discordo de você em relação ao “líder mais forte” ser o condutor de tudo, até em matilhas, grupos de animais e afins há expulsão de seres do grupo mas não vou me atentar ao caso pois é bem diferente a comparação. O que vejo de mal na política como todo que vivemos é a falha da democracia representativa, eleger pessoas e não ter mais a participação popular, esta é a falha, o processo de governança terminar após eleição. Há como mudar isso? Sim, ha sistemas que permitem isso em formas mínimias e te dou o exemplo daqui de João Pessoa onde o atual Governador em seu primeiro mandato como prefeito aplicou um programa que acho fantástico chamado de Orçamento Democrático, onde, resumidamente, atraves de grupos de bairros discutem o que precisam ser resolvido, levam pra outro grupo maior, onde no fim é passado para prefeitura. Ha gestores em cada etapa do processo, ha secretario do OD, e no fim as reivindicações da população são atendidas. O que é isso? Democracia direta em sua plena ação. O Estado não precisa ser abolido, o poder individual sim. Nunca comento em blogs e nada do tipo mas vi seu comentário e acho que vale responder apenas para deixar a dica que há maneiras de tudo acontecer e deixar a dica para mais leituras do assunto. Estamos presos num sistema economico que é maior do que nossos problemas politicos, Estado e Privado já demonstraram ser um só e temos que escapar disso. Autonomia e horizontalidade sempre.

      Abraço

  • Solange Balbi

    Lúcido! Lúcido! Lúcido!

  • Edna Teixeira

    Excelente texto. Lúcido e coerente. Parabéns !

  • Maria Helena Andrade Guimarães

    Estou encantada. Texto verdadeiro,inteligente, abrangeu todos os problemas reais do Brasil e do mundo..
    Parabéns!

  • Eleusa

    Bravo! Belíssimo texto! E os milhões morrendo na fome e no desemprego? Você tem a mesma “compaixão” por eles. Eh muito inteligente e bem argumentada, mas se equivocou ao defender o lado errado.

  • Tatiana Oliveira

    Cara Dora, não te conhecia e fiquei emocionada com essa leitura pois conseguiste externar, nas tuas sábias palavras todo o meu sentimento. Gostaria que todos parassem um instante pra ler, de forma imparcial… Obrigada!

  • Leandro Cruz

    Se o Estado não possuir o monopólio da força (e não da violência) voltaremos ao tempo da barbárie, onde vigora a lei do mais forte. Um exemplo disso são os locais em que há a ausência do Estado (omissão) e imperam os tribunais do tráfico, que são extremamente cruéis. Não há vácuo no poder, e o Estado constituído é uma evolução na humanidade. Sua ausência seria retrocesso.

  • María José Moraes

    Texto maravilhoso.Verdadeiro e muito Agradeço por expor um assunto de grande importância para todos.A sua visão e sus palavras me encantaram com a verdade verdadeira.

  • Cecilia Curbelo

    Amei! Sinceramente un escrito perfecto, no tiro ni agregó, solo agradesco que existas, y decirte que no estamos solos, un beijo ❤️

  • Arlene costa

    Gostei de tudo que li. Concordei com a maioria.

  • Dalva

    Adoraria acreditar que um nordestino que veio do povo pudesse revolucionar esse país, tirando -o da miséria e injustiça que acomete os brasileiros menos favorecidos. Seria perfeito se realmente existisse esse personagem defensor dos pobres e oprimidos. Na minha visão esse personagem não existe, pois onde há poder e dinheiro há corrupção. Se a intenção dele era de estar lado a lado com o povo , que pra mim há mais marketing que realismo, tudo caiu pode terra, pois a ganância e o poder tomou conta dele e de todos que chegam ao planalto.

  • lenilda Bezerra Gomes

    Concordo com você Mauricio em numero e grau !!!

  • Roberto Antônio Ghiggi

    “Lula: a visão de uma anarquista”. Esse seu texto está “viralizando” nas redes sociais e chegou até mim, motivo pelo qual não poderia deixá-lo passar sem demonstrar minha manifestação de regozijo ao constatar que há pessoas como a Sra. capazes de construir um pensamento que contrasta com o pensamento reinante dominado pelo ódio, preconceito e o atraso. Pensamento que quer nos relegar a permanência às condições sociais e políticas do século XIX.
    Parabéns! Ilhas de lucidez como a que a Senhora nos proporciona são a esperança de construção de uma sociedade melhor, material e espiritualmente mais justa.

  • Fátima Barroso

    Ainda não conhecia seus textos, conheci-o através do Facebook na página ” Teologia da Libertação” . EXATO, SENSACIONAL👏🏼👏🏼👏🏼👏🏼

  • claudia frotas

    FANTASTICAAAAA!!!!!

  • Luis Nelson

    Bom dia, Dora!!
    Muito lúcido seu texto diante de sua posição autoassumida de anarquista, entretanto, nunca é demais lembrar que o mesmo homem a quem você, nesse demonstra, demonstra identificação, fomentou esse “ódio” execrado dividindo o país em “mortadelas” e “coxinhas”, mentiu confessadamente em vários momentos de sua vida particular e pública para chegar ao poder, e quando lá esteve, em nome da governabilidade manteve e ampliou o esquema corrupto em nome de um plano de perpetuação no poder.
    A meu ver, esse homem colhe o que plantou. Plantou ódio, divisão, corrupção, mentiras…
    Quando analiso o atual momento nacional, não consigo não me lembrar da frase do insigne mestre galileu: ” é necessário que haja o escândalo, mais aí daquele que for motivo de escândalo”.
    Não se iluda minha querida. Mesmo quando tudo parece injusto, é justiça que está em jogo nesse momento.
    Se você é espírita, como auto declarou, entenderá o que afirmo.
    É necessário comoções morais para que as necessárias transformações se realizem no plano de transição para mundo regenerador, e não é mantendo pessoas identificadas com esquemas de corrupção, mentira e desagregacao social que permitirá isso.
    Como diria meu amigo Divaldo Franco, há um ditado antigo que afirma que é possível se conhecer uma pessoa por saber com quem elas andam, mas sob a ótica espírita é acertado afirmar “diga-me quem és e te direi com quem andas”.

  • Dadá Ferreira

    Sensacional!!! Parabéns Dora! Quanta lucidez compostas com grandes comparações e uma escrita perfeita.

  • Gustavo

    Que ótimo texto!

  • Paulo Brito

    Um dos melhores textos que relatam e descrevem o momento em que vivemos. Parabéns a sua autora!
    Seria muito interessante que aqueles menos preguiçosos lessem o referido texto até o final.

  • Cícero Dione de Oliveira

    Que belo texto e mais bela foi a conclusão. Parabéns!!!!!!

  • Cícero Dione de Oliveira

    Que belo texto e mais bela foi a conclusão. Parabéns!!!!!!

  • Edna Mara Delgado

    Assino em baixo.Fraterna visão. PARABÉNS! !

  • Jorge Leite de Oliveira

    Complementando… “dizer que vai votar no Lula, uma anarquista”…

  • Claudio Luna

    Caracas! Sinceridade e verdade nunca li.

  • carlos lopes

    Muito bom texto!

  • Gisolane

    Excelente!!!! Falou e disse TUDO.

  • Yara

    Obrigada por expressar com clareza e propriedade esse assunto. Raciocino da mesma forma, embora não consiga me expressar muitas vezes tão bem! Por isso quero pedir permissão para compartilhar com o grupo de professores a qual faço parte para poder ilustrar uma discussão que iniciamos ontem.

  • Clara Rocha

    Uau…. Parabéns!!!! Eu lí artigos da esquerda e artigos da direita e, apesar de pender mais para o lado esquerdo, nenhum dos artigos que lí fez uma análise tão lúcida e “linkada” com o cenário mundial como o seu. Excelente análise! Obrigada pelo artigo!

  • Rafael Moraes

    Se o Lula quiser usar o dinheiro pessoal dele para comprar um apartamento em Paris, Guarujá ou onde quer que seja, não há problema nenhum. O problema é que ele recebeu esse apartamento da OAS em troca de benefícios políticos em obras superfaturadas do governo. Lula pode ter sido o melhor presidente do mundo, mas ele não está sendo acusado por isso. Ele tem que se defender e explicar seu envolvimento nos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro com seus pares que o cercavam no governo. Só isso. O resto é bravata e conversa de bar ou de palanque, onde se joga pra torcida. Existem mais de três mil evidências contra Lula, então parem de repetir que não há provas. Menos ingenuidade, por favor. Chega de idolatrar populistas.

  • Rosana Moreira

    Showww 👏👏👏👏👏👏👏 é uma pena as pessoas ter preguiça de ler artigos como esse e preferirem assistir JN .

  • Alian

    Ele, Lula, torna_se agora, nossa
    única esperança, e me retorna na lembrança quando ele foi eleito a primeira vez, se dizia: “A esperança venceu o Medo”.

  • André Lima

    Senhora Dora,
    Respeito profundamente seus comentários e sentimentos. Concordo com alguns pensamentos​. Todavia, quero dizer-lhe que, sim, o sistema é bruto. A Humanidade, ainda é extremamente egoísta e com isso toda a causa desse brutalidade e ou ignorância no relacionamento humano.
    Apenas o autoconhecimento dará condições a humanidade entender o que a senhora tentar dizer nas entre linhas do seu texto.
    Por hora, peço-lhe apenas que olhemos para frente. A ” vida” deu ao Lula a oportunidade de agilizar o processo de conscientização do povo brasileiro. Ele também sucumbio

  • Paulo Cesar da Silva

    Sensacional! Lúcida! Visão da verdadeira caridade, sem ela não há salvação! Um fraterno abraço!

  • André Uchôa

    Ótima análise. Gostei muito das citações e de todo o embasamento. Parabéns. Mesmo assim tenho ressalvas quanto ao Lula, sempre achei que seu populismo e a prática constante do assistencialismo viciaram o povo, não basta só dar o peixe tem que ensinar a pescar.

  • Shantty

    Concordo plenamente com grande parte, pois como Cristã também penso que não podemos mais nos colocarmos como juízes e é urgente trabalharmos a indulgência em nós.
    Mas avaliando toda a mensagem vejo tudo menos uma anarquista. Isso ela precisa rever… Anarquistas e Libertários têm uma visão bem mais técnica da situação, com muita razão, pois conhecem TODOS os equívocos dele como governante e gestor. E jamais encerrariam um texto dizendo votar numa pessoa como o Lula novamente. Isso foi muito forçado.

  • Nilson

    … somos marionetes nas mãos desses que se dizem governantes, administradores de um pais, uma minoria que na verdade só pensam no seu bem próprio, sua segurança, conforto…….e nós a maioria (povo), se eu roubar uma galinha para meu filho que está passando fome, com certeza serei preso sem fiança, direito de defesa, porque sou um
    …”” zé ninguém””.. tudo bem o Brasil começou assim, com ladrões e vai terminar como tal…. quer conhecer o HOMEM, dá-lhe PODER E DINHEIRO….. infelizmente não vejo futuro algum para meus filhos e netos neste momento….. venho de uma família humilde, onde fomos criados e educados a trabalhar com honestidade, respeito ao próximo…. por isso não tenho apartamento em Paris, Fazendas no Pará, Paraguai, empresas de telefonia, Jatinho Particular….
    Para finalizar, nesse pais ser honesto ficou insustentável, ser honesto é do mal, quem tem valor hoje? Eles…….
    Desculpem aqui minha simples e humilde ignorância!!!!!!!
    **** Muitos anos não voto em FDP nenhum….

  • Tainá

    Texto incrível! Merece meus aplausos. Mais pessoas deveriam ter a mesma visão que a sua: realista.

  • Paulo Juarez

    Para apimentar um pouco:
    – minha conclusão, ao ver tudo o que se diz ou faz nesse época, quando a página policial se confunde com a página política é de que todos, sem exceção buscam uma forma de perdoar seu líder (ídolo) dos crimes que ele cometeu, como torcedores de um jogo de futebol; como se fosse um jogo de futebol.
    Tenho duas ressalvas:
    – há uns anos um guarda prendeu um batedor de carteira na rodoviária de Porto Alegre e é claro que uma repórter que lá estava (de ideologia à esquerda) ficou muito revoltada, argumentando que haviam tantos batedores de carteira e só foi preso um.
    Na minha opinião tem que prender todos e tem que começar prendendo um, depois o outro, depois o outro….
    – o texto acima, meio que desculpa um apartamento em Guarujá porque existe um outro caso em Paris.
    – no Brasil não existe democracia há muitos anos; democracia é quando os que estão no governo tem medo do povo.
    – no Brasil não existem governantes, existem poderosos sem medo de cometer crimes por estarem acima dos demais.
    – Dois pesos, duas medidas.
    – no Brasil, o que há de pior da direita comprou descarada e vergonhosamente o que há de pior da esquerda e o discurso era de comprar os políticos para fazer as leis para ter mais igualdade social.
    – Funcionou em parte; compraram os políticos e de brinde veio tudo o que é público junto. Os três poderes mostraram que todos tem seu preço.
    – a transferência de renda foi feita, armaram a maior Pirâmide financeira/política da história da humanidade: O pré sal, a copa do mundo, as olimpíadas, os PAC’s, Bolsa de tudo o que foi lado e Minhas casas minhas dívidas..
    – Qual o modelo ideal? Por favor escolham algum mas não misturem religião com política.
    Anarquismo seria ótimo; pode?

  • CLEMENTE RICARDO SILVA

    Caramba que texto, que pensamento legal, parabéns pelo desabafo.

  • Artur Cruz

    Dora, muito grato! Só a mente livre, consegue ir além do estabelecido. Tua lucidez demonstra o quanto a Doutrina Espírita nos amplia a consciência e nos permite dialogar com qualquer expressão do conhecimento existente na sociedade. Fique bem! Muita paz, saúde e acordes em sua vida. Abraços. Artur Cruz

  • Michel Kuaker

    Me identifico muito com o seu texto, achei excelente. Parabéns!

  • Mauro Marques

    Texto interessante e realista. Mas ainda tendencioso. Nós precisamos de reforma política e não de eleições.

  • Antônio Araújo

    Fiz à leitura e ruminei, gostei e assino embaixo com letras maiúsculas.
    #Tens toda razão!!!
    Não​ sou doutor, nem nada, apenas aprendi a ler. E quando eu gosto eu elogio, reconheço e vou mudar de lado.
    Votei no Lula duas vezes, é uma na Dilma!
    Minha intenção era ver os gestores deste sistema, ” todos eles desmascarados “. Fiquei feliz por ter alcançado o meu objetivo. Fiquei triste, por ter causado tanto sofrimento a tantos, inclusive eu e e tantos outros.
    Me perdoe, por isto!?!

  • Adriana Agabiti Fernánd

    excelente artigo!

  • Wilda Rziha Temporal

    Concordo com Lauro Delgado, Antonio Tadeu, Minghin, Flávia, Milene, Sergio, Antônio, Maurício, Roberto Brutos, Nodoxi, Hactéria e Dalva.

    O grande problema da sociedade brasileira é achar que se alguém cometeu um crime e ficou impune, todos que cometerem esse mesmo crime devem ficar impunes, Estamos aqui para evoluir, e vejo com muito orgulho esse primeiro passo para a tentativa de dar um basta nessa corrupção histórica, tem falhas? talvez sim, mas é uma luta muito difícil e ainda estamos engatinhando nessa busca. Dou parabéns aos que tentam seguir essa trilha e oro para que consigam algum resultado e, caso contrário, que não desistam nunca.

    A propósito, quanto à Dilma, diga-me com quem andas que te direi quem és. Mas, se em último caso ela é inocente, é mais incompetente do que demonstrou, porque essa lenga lenga de que não sabia de nada, que já conhecemos bem, é a prova absoluta do quanto se está alienado e fora do controle, então só se pode concluir ou é ladrão ou é imbecil. Usei as palavras no gênero masculino, porque inclui outra pessoa.

  • BGaruva

    Parabéns, Dora, por seu belo artigo.

    Não consigo conceber um anarquismo cristão, mas entendo que os conceitos que movem nossos atos devem nascer de um desejo de solidariedade para com todos os outros seres (muito próprio do cristianismo original), pois todos nascemos sem pedir, não sabemos de onde viemos e muito menos para onde vamos quando nos desfizermos em átomos novamente.

    Seu artigo denota um desejo de convívio, de justiça, de respeito pela coletividade enquanto estamos vivos. Se isso não é possível na radicalidade do sonho, pode ser obtido aproximativamente, sem prisões, sem fogueiras, sem violência, sem guerra. Podemos nunca chegar a esse estado feérico de justiça e igualdade com que sonhamos. Mas, estaremos aprendendo a conviver.

    Respeitável seu texto. Vou compartilhá-lo.

  • luiscarlosmachado

    Muito bom, Dora!
    Parabéns pelas palavras sabiamente escolhidas.
    Sua intenção de voto a essa desonrada pessoa em 2018 é uma forma bem evoluída de mostrar seu “apego” ao anarquismo e, como tal, seguirmos em frente como escravos mundanos!
    Em tempo… tenho fé que a hora do FHC e seus iguais pagarem pelos seus erros também chegará.

  • Vanderlei Barcelos

    Hoje estou mais pra niilista. De todas as máximas uma sobrevive: A IDEOLOGIA DOMINANTE É A IDEOLOGIA DA CLASSE DOMINANTE.

  • Isabela Casales

    Mulher, fiquei eufórica ao ler seu artigo. Ao contrário de vc sempre votei. E na esquerda. Mas diante de tudo, fiquei muito desacreditada e, ultimamente, com alguns problemas pessoais mais importantes, questão de vida ou de vida, preferi a alienação ao embate político. Primeiro por essa questão pessoal requerer todo meu tempo, depois por achar que não tinha argumentos suficientes para fazer parte das discussões e se fosse me preparar teria que me dedicar. Mas, em meu ciclo restrito, sempre coloquei meus achismos. Mas seu texto diz tudo. Tudo que penso sobre ser uma ação orquestrada pelos interesses internacionais, pincipalmente da construção e da indústria bélica. Agora a gente precise recorrer ao mercado internacional para grandes construções no país. De sermos sempre manipulados por isso. Sobre com quem no poder ganhamos mais, o que uns falam de forma pejorativa “rouba mais faz”. Mexeram em nossos direitos de trabalhadores, em nossa aposentadoria e agora estão mexendo na ação de reparação das cotas. Sobre a elite não aceitar que um pobre, nordestino seja alguém. Sobre o interesse internacional de não querer o Brasil colocando as asinhas pra fora, se afastando do controle deles e dando mais direitos ao povo. O Brasil já não faz mais parte do Brics, por exemplo, fundo detentor de 21% do PIB mundial. Do desmonte que fizeram e ainda estão fazendo no Brasil, para, mais uma vez, nos manipular nos deixando com o orgulho ferido, aflorando nossa ira. Mas meu sentimento é pessimista em relação ao futuro. Eu acho que eles vão conseguir tirar Lula de circulação. Prendendo ou matando ele, pois esse jogo político é de vida ou morte!

  • Anna Maria

    Gostei da reportagem e uma reflexão importante para o momento que vivemos

  • Anildo

    Muito bom… e positivo.

  • guimacampos

    É anarquista e vai votar no lula por pena? Isso é altruísmo, piedade ou o que? Tem pena dele mas, culpado ou não, ele trata de outros interesses. Vote conscientemente, ou volte a ser anarquista.

  • Meire Finelon

    Parabéns pelo texto tão lucido!!!

  • Smith

    Concordo em parte. Discordo na parte da inocência de Lula. Lula é um político como corrupto como outro qualquer, q infestam os gabinetes, câmaras e palácios, pelo Brasil aforta…

  • Rosa Rangel

    Eu como ser humano que sou aparentemente Livre, (estão acabando com a nossa Democracia). Estou indignada com os meios de comunicação e com nossa justiça!
    Não sou Petista mas não suporto mais a crucificação ao Lula!
    Muito obrigada por seu texto!
    🌹🙏🏾

  • Rita de Cássia

    Que texto maravilhoso!Emocionei,saber que alguém que não é direita nem esquerda consegue enxergar o que realmente vem acontecendo,tenho que compartilhar!

  • VALDELICE Santana Oliveira

    Concordo plenamente.

  • Suzana Pinheiro Fonseca

    Muito bom o seu texto. Queria que muitos pudessem ler e refletir . Parabéns.

  • Eckbert Wickleberry

    “Crise artificial”? Quem teria criado essa tal crise artificial? Você é realmente anarquista, ou o bichinho do estatismo já lhe picou?
    E o tal “descontentamento popular” que fez cair o governo, quem o criou? O descontentamento surgiu no governo Dilma, quem mais poderia tê-lo criado? Ela era governo, o PT é quem mandava. As críticas feitas a Dilma e ao PT eram críticas ao governo, ao estado, e não a um grupo político específico, você não estaria defendendo o PT neste trecho?
    “Porque enquanto esses direitos são tirados do povo”… Direitos tirados do povo? Você crê em direitos do povo garantidos pelo estado, que tipo de anarquista é você? O estado garante algum direito?
    “Oferece-se alguém ou um grupo para se odiar, com linchamentos públicos diários, e o povo deixa vir à tona seus instintos mais primitivos, enquanto lhe surrupiam os direitos e a nação.” Que grupo é esse que foi oferecido ao “ódio popular”, e por quem? Dos 50 políticos investigados pela Lava-Jato, a maioria é do PP, o grupo por você mencionado não seria por um acaso o próprio PP? Ou seria o PT?
    Você pode ser de esquerda, coletivista, marxista ou qualquer coisa, agora, anarquista? Será mesmo? Que anarquismo estranho é esse seu, parece petismo. Abraços!

  • Tarot com Café (@tarotcomcafe)

    nossa bom texto, me fez repensar em votar nele

  • Andréa Bosco

    Que texto lúcido, resumido sabiamente o difícil momento que nossa política, economia e história vive.

  • Reinaldo

    Vi a publicação ,”A visão de um anarquista”,gostei muito e cheguei a esses poemas lindos.

  • Simpliciano

    Parabéns! Achei excelente o texto.

  • Denise Bertazzoni

    Amei.

  • Helenice grossi

    Maravilhosa explanação do nosso país hoje! Intenso e verdadeiro!

  • Anita

    Esse sistema de suposta justiça que temos no mundo, e ainda mais no Brasil com seu sistema carcerário indecente, é na verdade um sistema de vingança social.

    Muito bom. A mídia fomenta o odio, mas o dia que a policia perceber que é povo, o jogo vai virar …. e daí?

  • Sheila Maria Cajazeira

    🇧🇷👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏👏

  • Aldiléa Machado Rocha

    Excelente o seu texto. Continue emitindo suas opiniões que são valiosas para nós, nesse momento conturbado que estamos vivendo aqui no Brasil.

  • Antonio

    Sem comentários. Excelente texto.

  • Ediso Mazzolla

    Isso tudo apresentado é a explicação que lula é a nuvem para os politicos, judiciarios, empresários, fazendeiros e banqueiros fazer conchavos para tirar direitos do povo que trabalha e gera riquesa para o pais e isso tudo vai garantir o bem estar das classes dominates. Povo que pague a conts.

  • Euzebio Campos

    Este texto parece que foi escrito por mim, enxergo exatamente desta forma toda esta gana em massacrar o Lula. Do mesmo modo nunca votei no Lula nem na Dilma mas em 2018 estarei com toda certeza depositando meu voto no Lula.

  • Patricia

    Ele vai levantar e nem precisa votar nele que ele vai ganhar do mesmo jeito, mas se quiser votar seja bem vinda ao clube. E por sinal gostei do seu texto.

  • Carlos Eduardo de Oliveira

    Achei muito interessante a abordagem do ilustre anarquista. Porém, pergunto: 1. Por quê este governo que está aí é ilegítimo? 2. Qual a proposta do nobre anarquista com relação ao governo e gestão dos recursos materiais e humanos?

  • Andrea ribeiro

    Texto maravilhoso!!!!! Muitas vezes, aqueles que estão vendo os absurdos dos últimos tempos no Brasil se sentem aturdidos e sós. Mas, vem um texto deste e a gente não se sente só! !!

  • Genesia Vasconcellos

    Dora, obrigada pelo seu texto. Não tenho ainda a coragem ou a lucidez para me declarar anarquista, mas sei que é a utopia possível e necessária a ser perseguida. Isto, pela certeza de que fomos criados por um Deus-Amor para participar de sua obra, onde só a caridade é a verdadeira garantia da salvação. A caridade que o Cristo nos ensinou, caridade com todos e especialmente com os mais oprimidos. Creio que esse é o compromisso do cristão, acima de qualquer ideologia, religião ou partido político.
    Muito obrigada. Minha esperança, do verbo esperançar, se renova.

  • Desdier do Nascimento Filho

    De forma simples, pergunto e, se tiver de responder, faça de forma simples:

    Voce contestou a democracia do capital, do neoliberalismo, do socialismo, do falso comunismo (PT). Apoia Lula porque esta sendo injusticado. Como muitos outros q comprovadamente não tinhamculpa foram(nada de inquisicao ou historia dos absolutistas de seculos passados,;falo de historia moderna e comtempkranea.
    Enfim, qual é o seu sistema. Qual é a sua formula?

  • Gérson De Araújo Matos

    Até que enfim, um texto lúcido, bem escrito e inteligente veio abrilhantar o “Facebook”. Antes da publicação dessa mensagem, muita coisa tinha sido veiculada, sem, entretanto, merecer a atenção do público, pela frivolidade das ideias apresentadas. A quantidade e a qualidade dos comentários sobre essa matéria de Dora Incontri atestam a minha afirmação. Muitos textos anteriores, escritos por cientistas políticos, jornalistas e outros profissionais da comunicação comprovadamente qualificados, apresentaram pensamentos semelhantes, sem, todavia, trazerem na sua composição a mesma clareza com que Dora discorreu sobre o assunto. Nessa brilhante dissertação ela conseguiu levar ao conhecimento dos usuários deste veículo divulgador de notícias e de outros fatos importantes, o verdadeiro propósito que existe subjacente a toda essa conspiração que conduziu o país à situação vigente no atual momento político. Parabéns, Professora Dora.

  • Renato M Ribeiro

    A escolha de um governante, não passa pelas opções de quem rouba menos rouba mais. Passa pela escolha de quem não rouba e não deixa roubar.
    Deixar de te julgar ou investigar uma pessoa, ou várias pessoas, que também cometer um crime, nos diminui os crimes por outra pessoa cometidos.
    Concordo que A lei está sendo falha. Porém onde ela esta agindo deve agir com clareza e rigor.
    Podemos fechar os olhos e ouvidos, então dizermos estar isentos ou alheios alguns fatos. Isto não mudar a realidade.

  • JjJurj

    Eu finalmente consegui ler algo valioso, e muito bem embasado sobre a questão atual da nossa política. Algo que eu sinto, mas não conseguiain expressar.
    Sinto profundamente a falta de conhecimento da nossa população, dos menos favorecidos, que estão perdendo seus direitos, conquista que req uereu tanta luta. Não temos memória histórica.
    Somos um povo aculturado em sua maioria. Fico grata pelo maravilhoso texto, tão lúcido.

  • Olympio deAzevedo

    Democracia é isso que lemos em todos os textos acima! Divergir é um estado primário de observação em 360 graus e o discurso é agasalhado de acordo com o nível intelectual. Nesses casos o anarquismo compõe uma minoria de pensadores que vislumbram soluções nunca antes testada por uma comunidade representativa em qualquer parte do mundo. Pelos século vividos já deveríamos estar em um patamar que Platão chamou de meritocracia!

  • Ronaldo Reis

    Esclarecendo: sou agnóstico e de esquerda e acho que o anarquismo nada constrói, mas estou quase de pleno acordo com o texto acima…

  • Jose Carlos Rodriguez

    como vc concilia anarquismo, espiritismo e cristianismo ?

  • Saara Nousiainen

    É impressionante como parece que ninguém se pergunta: e os 14 milhões de desempregados? E o país falido como está?
    E a corrupção galopante, que sempre se teve no Brasil, mas nunca em tais proporções?
    Vamos desfanatizar, gente. Precisamos ABRIR OS OLHOS, OBSERVAR SEM PAIXÕES E RACIOCINAR COM BOM SENSO.

    • Vicentepc

      Saara, maior cego é aquele que não quer ver. Se desejas comparar o desemprego em números leia e analisa este link:
      http://jornalggn.com.br/blog/iv-avatar/fhc-vs-lula-dilma-um-quadro-comparativo
      As políticas do PT reduziram o desemprego a 4%, ou seja pleno emprego. O Brasil era uma das poucas democracias com Pleno Emprego num mundo em crise. Não trabalhava quem não queria. Não havia médicos, engenheiros, pedreiros, diaristas e trabalhadores de carteira assinada sobrando e para conseguir um era muito difícil em 2013, quando os imperialistas decidiram boicotar o Brasil. Faltavam passagens aéreas e hospedagens em hotéis nas férias. Não havia casas e apartamentos para alugar à vontade, como tem hoje.
      Naquela época, ao contrário do governo do psdb que você lembra muito bem, os trabalhadores começaram a não aceitar qualquer empreguinho. Os empregadores tiveram então que ceder, oferecendo melhores condições e salários para segurar os bons empregados. E em 2013 arquitetaram o golpe contra o Brasil e o povo. Corrupção? Havia. Por isto Lula equipou a PF e foram milhares de operações. Sua memória permite-lhe lembrar como fez o fhc com o procurador geral da república e a pf? Este site pode ajudá-la: http://marceloauler.com.br/policia-federal-ontem-e-hoje-de-fhc-a-dilma-rousseff/.
      E observe que um juiz do stf proferiu assim uma sentença: “Não tenho provas mas condeno porque a literatura assim mo permite”.
      Lula deveria ter mobilizado a sociedade que à época ficou embasbacada mas inerte. E hoje ele está refém de um judiciário que age à revelia, sem provas, sem respeito à constituição e aos direitos e garantias individuais propalados pelos Humanistas. Que acusa e julga com base em delações inquisitoriais , em documentos sem assinatura ou rasurados, em factoides da imprensa dirigidos a um representante de uma grande parte da população brasileira trabalhadora e honesta. Na véspera do depoimento do Lula um juiz federal ordenou fechar o instituto Lula alegando que a sede do instituto “pode ter sido”, “instrumento ou pelo menos local de encontro para a perpetração de vários ilícitos criminais” e ninguém do cnj questiona o “pode ter sido”? Antes, um procurador do mpf expressou em alto e bom tom que não tem “provas” contra o Lula mas tem “convicção”. Que justiça é esta? Que sociedade é esta? Mal sabe o incipiente funcionário concursado que “A convicção é inimigo mais perigoso da verdade que a própria mentira”, como escreveu Friedrich Nietzsche. Pesquisa, amiga! Estuda, compara, analisa, conclua. Desconvença-se. Maior cego é o que não quer ver.

      • Fernando Giordano

        Cara Saara, a corrupção só existe se for descoberta, digamos que você tenha 80 anos, mas nunca viu alguém ser condenado ou perseguido por corrupção, para você, ela não existe, mas se você descobre aos 81 anos que de fato existe corrupção, por lógica você irá dizer que quem está no poder é e faz corrupção. A corrupção é mais antiga que a própria civilização, onde tiver dois humanos ou mais, haverá corrupção, mas o quê é corrupção? em nosso caso é o privado pedindo pro público roubar em seu favor à troca de dinheiro ou outra regalia qualquer, as pessoas nesse caso são meros instrumento da riqueza, esta está aí, é visível, a opulência da nossa sociedade com suas construções magnificas, obras fantásticas, que demonstram poder e riqueza sem medidas, aguça qualquer um que tenha em seu favor o poder de convencer e de mudar comportamentos como senso de responsabilidade, de honestidade e de respeito á coletividade, qualquer um pode ser comovido pelo brilho dourado e reluzente do ouro, quem não fica fascinado com os sonhos de riqueza quando esta bate sua porta com tudo de bom que ela aparentemente propícia e ser for por ganho “fácil” o que é uma corrupçãozinha diante disso? Nós somos vítimas de nossas ambições e de liberdades mal avidas e mal gestadas, não sabemos dar o devido valor à nossa liberdade, praticamos libertinagem quando as coisas nos convém, todos estamos sujeitos à corromper e sermos corrompidos, são os valores de cada um que dirão quem faz o bem e quem faz o mal.

    • Eunápio

      Parabéns, Saara!!! Raciocinar sem paixões é coisa para poucos…

  • Amelia Loffredo

    Dora Incontri tem uma lucidez invejável!
    Uma clareza em sua explanação que é tocante.
    Identifico-me com ela em tudo que foi dito e sentido.
    Tenho belas lembranças dos programas dela que desfrutei na rádio Boa Nova.

  • Fernando Sansone

    Bom texto Dora. Acompanho a anos seu programa de Rádio na RBN e os congressos sobre Pedagogia Espírita entre outros, e até este texto, que me esclareceu alguns pontos interessantes sobre Anarquismo e o foco nas diferentes divisões no poder, não me lembro de ter discordado de alguma ideia sua, sempre relacionada á sabedoria do viver, liberdade e Amor. Respeito a sua visão e, principalmente, na questão da necessidade de um bode expiatório e violência gratuita a uma ser em destaque. Neste caso sinto que Lula passou dos limites da ação de um governo, que foca realmente na classe trabalhadora e nos que menos possuem, sinto que na verdade ele buscava mesmo, com prioridade elevada era se perpetuar no poder, serja por si mesmo ou através de um indicado, mantendo suas raízes. Empobreceu o país e o desorganizou, mas não pela culpa da mídia, que sim, muitas vezes com irresponsabilidades e colocando fogo nos fatos para vender notícia, mas principalmente pelos seus atos e intenções equivocadas, enraizando a festa da corrupção e ganhos extraordinários de uns e outros, brincando com dinheiro e trabalho duro de muitos trabalhadores. Creio que, o que os juízes estão fazendo no trabalho de Moro o que já vem muito tarde, Trabalho digno e limpeza de corruptos e mal governante, jogando no lixo excelente oportunidade de crescer e fazer uma nação crescer. Bom, estamos nesta oficina em busca de luz e crescimento. Te Amo Dora.

  • Fernando Sansone

    Perdão, sinto que ele está colhendo aqui os maus frutos plantados, sem uma ação mais criteriosa e centrada no grupo maior> Creio que é melhor assim, pois para mim, isto sim, são ventos de mudanças principalmente no campo
    da justiça.

  • Vandoedson laranjeira

    Meus parabéns pelo texto sra Dora, a única diferença é que eu votei no lula, na Dilma e,sempre acreditei nesse projeto de governo só que com um pé sempre atrás nunca com os dois pés juntos pois me resguardando de alguma queda, porque minha desconfiança?!, porque infelizmente o governo popular para entrar em cena teve que beijar o diabo e,quando falo isso é quando se une com essa direita imunda falsa para integralisar todos ao novo modelo de governo que o Brasil estava implantando para o bem de todos, só que já viu o diabo gostar do bem???!!!, é o mesmo dizer que o rico não gosta do pobre e ainda quando esse pobre pode ameaçar o futuro dos seus herdeiros, aí o famigerado golpe acontece para frear tudo e massacrar o pobre e, jogando esse pobre de contra o governo popular de quem tanto o ajudou; minha querida a sra sem querer incendiou ainda mais esse vulcão que existe dentro de mim, o vulcão da mudança e acreditar que eu não estou só que no Brasil existem pessoas como a senhora, um forte abraço e até a vitória popular, #LULA2018.

  • Alberto

    Não dou anarquista e se Lula conseguir se candidatar, por mim está eleito. Simplesmente prlo que representa contra esta direita podre oligárquica que subordina o povo ais anseios de concentração de renda. Mesmo ciente de que está longe de posições de esquerda deu sinais de eficiencia no combate a fome e a miséria que são as condições minimas para que o individuo possa começar a pensar.

  • HERBERT REZENDE

    Proudhon, O Mestre de todos nós, de onde estiver agora, com certeza está fazendo Dele essas suas pontuais e contundentes observações sobre o que está acontecendo no Brasil.
    Parabéns pelo texto e mais ainda pela clareza de traduzir em palavras o teu raciocínio.
    Acabas de ganhar mais um admirador.

  • João Camilo

    Algumas pessoas terão que passarem por mais ciclos para melhorarem como seres humanos! Se o Lula não for travado aqui agora será o caos no Brasil. As humilhações não são devidas a ninguém, mas tudo que acontece tem razão de ser!

  • CIBELE MACEDO DA SILVA

    Nossa Senhora! Que Deus ilumine esse mundo! Um texto belo, bem escrito, muito lúcido, e ainda tem gente que faz comentários totalmente alienados, mas faz parte da ignorância que permeia nosso planeta, e temos que ter compreensão e até mesmo compaixão! Parabéns Sra. Dora, achei tão bom que coloquei no meu mural, um grande abraço!

  • Elaine Vidal

    Dora, obrigada! Ser espírita cristão é isso: viver no mundo, posicionar-se, não se deixar corromper, refletir e agir! Concordo com cada linha de seu texto lúcido, coerente e sensível. Obrigada por ter a coragem de tê – lo escrito, qdo seria tão mais fácil se omitir. Se eu já a admirava, agora ainda mais!

  • Socorro Barros

    A todos que ainda duvidam….eis aí a mais pura verdade é tradução dos fatos …
    LULA ESTÁ SENDO MASSACRADO POR UMA CLASSE DOMINANTE HIPÓCRITA E CORRUPTA…DEVEMOS NOS UNIR E LUTAR PARA QUE NÃO PERCAMOS NOSSOS DIREITOS ADQUIRIDOS.. VOTEI,VOTO E VOTAREI QUANTAS VEZES LULA SE CANDIDATE….ELE FOI O ÚNICO PRESIDENTE QUE REALMENTE AJUDOU OS MAIS HUMILDES E CARENTES….O NORDESTE AGRADECE ATÉ O FIM DA VIDA AO PT LULA E DILMA…AVANTE COMPANHEIROS…E HORA DE ARREGAÇAR AS MANGAS E AGIR…

  • João Atenágorad

    Olá. Inicia o texto se declarando anarquista, condenando todas as formas de governo e exaltando o fato de nunca ter votado nos presidentes termina se contradizendo afirmando que irá votar num dos candidatos porque ele está sendo perseguido.

  • Solange

    excelente texto

  • Ana Cleide Moreira

    Obrigada por sua lucidez compartilhada conosco. O mundo esta assustadoramente violento e cruel, pricipalmente com os mais fracos.

  • Vicentepc

    Sugiro a leitura do pequeno livro “Socialismo e Espiritismo” de Leon Denis. Quanto ao futuro do Lula, não tenhamos dúvida que o poder sobre ele vem de cima. Ninguém faria tanto pela pátria do cruzeiro se não fosse enviado e protegido por Ismael. Todavia destinos cruéis tiveram o conde Maurício de Nassau, Tiradentes, Longinus (D. Pedro II), Zumbi, Antônio Conselheiro e tantos outros enviados de elevada estatura moral. Vibremos pelo Brasil e pelos missionários, como Lula, incumbidos de conduzir o Coração do Mundo em paz nesta transição.

  • Francisco Machado

    Muito bom o texto, pena que ninguém lê o que teria que lêr.

  • Joceli Silva Souza

    Concordo com todas as suas explicações e mais querem condenar de qualquer forma porquê 2018 vêm aí e estaremos juntos para banir todas as palavras desses covardes grupinhos de manipuladores de ideias vorazes?

  • Agenor Batista da Silva Junior

    Primeiro: Anarquismo é negação de governo, dependência de autoridade e adoção do respeito mútuo.
    Segundo: Ser anarquista é ter o maior respeito pelo outro para que ele seja recíproco.
    O resto é pura bobagem execrável e contraditória ao verdadeiro sentimento anárquico!

  • Renato Caetano de Jesus

    Muito bom, Dora.

  • Valter

    Gostaria de parabeniza-la por este texto incrível 👏!
    Tempos mais sombrios estão por vir, espero que os ventos mudem, mas o horizonte é cinza.

  • João Augusto

    Para quem se diz espírita, é no minimo estranho não pensar no livre arbitrio, nas escolhas de ações. Lulla se deixou levar pelo dinheiro fácil. Deixou se corromper e depois corrompeu. Que agora pague cada centavo desviado. Só quem não quer é que não vê o espetáculo da vitimização que ele encena. Só quem nunca foi achacado vai chamá-lo de “pai” dos pobres. Pena mas a visão da autora não combina com a minha.

  • José Francisco

    Um excelente texto que se perde no fim pela incoerência entre a introdução e conclusão do pensamento.
    Lula foi bem sucedido nos primeiros quatro anos por ter seguido o plano econômico do governo anterior, dando continuidade ao trabalho de FHC. Ambos, embora com alguns méritos, devem sair do poder. Sua intenção de voto é péssima, uma vez que legitima a morbidez deste sistema corrupto que nos envolve, uma sugestão já que tens um bom pensamento politico, entre para a política, torne se protagonista de uma mudança a partir deste caos que estabelecera uma nova ordem e não compactue, sobretudo, com aquele que se deformou pelo princípio do poder.

  • Ricardo Cardoso

    Muita lucidez no texto! Uma facho de rluz nessas trevas da ignorância que vivemos e que aprisiona tanta gente.

  • Lidia Mara

    Respeito e admiro todos que se manisfestante diante das situações, entretanto dizer que Sergio Cabral e demais que já foram presos, por inúmeros crimes, foram humilhados, é esquecer de fato quem é humilhado todos os dias: crianças que comem merendas com larvas ou que estudam debaixo de sombrinhas porque na sala de aula chove mais do que do lado de fora; pessoas que morrem na porta de hospitais, sem o menor atendimento digno de um ser humano; pessoas morrendo nas ruas pelos roubos mil por aqueles mesmo que realmente foram humilhadas uma vida inteira sem oportunidades e chance de serem gente. Tudo isso porque bilhões e bilhões de reais foram para as jóias e quadros que enfeitam estas pessoas que a senhora diz estarem sendo humilhadas. Isso não posso concordar! Mas continuo respeitando pela emissão do pensamento.

    • Djaneide Ribeiro

      Muito boa a sua reflexão, nós trabalhadores de fato, somos humilhados todos os dias, porque pagamos impostos altíssimos e não temos o retorno…assistimos o descaso anos após anos.

  • Pedro Carraro

    Não tem como ser anarquista, espírita e cristão ao mesmo tempo. Ou se é um, ou se é outro.

  • ELIZEU CARMONA COGO

    EH. ANTES DA CRIAÇÃO. ERA SÓ O BEM. AGORA TEMOS AQUI O MAL E O BEM. DEPOIS QUE UM CARA COMO O LULA E SUA TURMA, FEZ O QUE FEZ, E AINDA VOTAR NELE, EH ESTAR CONTRIBUINDO PARA O MAL VENCER. EU NÃO SOU PERFEITO, MAS QUERO FICAR DO LADO DO BEM. FORA LULA.

  • Glória Pisandelli

    Sou espírita.
    Votei em Lula duas vezes.
    Votei em Dilma duas vezes.
    Votarei em Lula outras vezes.

  • Carlos

    Não consigo compreender essa visão aparentemente profunda, mas como o Homem que sabia javanês, é superficial e minimiza a democratização da propina e o deixar os empresários governar o pais. As generalizações nunca poderiam ser respeitadas. Dentro dos caroços podres, escolhe-se os menos podres.

  • Francis Bacon

    Se a democracia não é o sistema perfeito, temos que encontrar formas de torná-lo menos imperfeito, e é com o exrcício do voto que fazemos isto.
    Quanto ao Lula e á Dilma estarem sendo perseguidos, não concordo; eles estão sendo acusados de montar um mega sistema de corrupção para assaltar os cofres públicos e se perpetuarem no poder. Os dois, juntamente com outros espertos, se apoderaram de empresas estatais e de licitações para fornecimento para o setor público, para roubar descaradamente, sentindo-se impunes.
    O trabalho da justiça, dos procuradores da lava jato e dos demais envolvidos se insere dentro das formas previstas na democracia.
    Não me parece que anarquia (negação dos sistemas de organização da sociedade), seria a melhor solução; se fosse, já teria sido disseminada pelo mundo afora

  • Tido Simões

    Maravilha, sou anarquista e nem sabia, gostaria de ter mais informações sobre esse modo de conceber a vida!

  • Wilson cavalcante

    Acho engraçado a artimanha de se fazer Lula vitima. É bom que volte e explique, além do que está posto, os desmandos na Petrobras, os rombos no BNDS, para financiar republiquetas corruptas mundo a fora, afundando cada vez mais nossa econômia. O resultado, todos estão vendo, 12 milhões de desempregados, sem contar com o investimento ideológico pesado para destruir a familia e a violência sem prescedente que mata mais que qualquer guerras.atual….chega de textos fantasiosos, longe da realidade.

  • Giselia

    Parabéns, Dora! Tens todo meu respeito. Pensei que eu era uma estranha. Essa situação me entristece e não consigo rir é nem ficar compartilhando como se fosse prazeroso. Todos que somos cristãos, isso só basta, para, ao invés de entramos na “onda’ manipulatória das mídias, rezemos e, sobretudo, mostremos nosso repúdio contra esse ato infeliz de violação dos direitos do cidadão e do povo brasileiro.

  • ANTONIO CARLOS G. Oliveira

    Os Ricos Delinquentes
    (min. Barroso)

    Há que se esclarecer que o Lula e o PT são vitrines na Lava-Jato, pois eram governo e as delações premiadas dismistificaram a falácia da política brasileira.

    Corrobora para esse desmonte as recentes delações dos marqueteiros Santana, que ajudaram a construir o PT, e agora o descontroem.

    Há alguma dúvida nisso?

    Parafraseando essa situação poderíamos dizer:
    “Os ignorantes defendem os corruptos e partidos políticos,
    os sábios defendem uma nação”.

    Lula conspurcou o socialismo brasileiro e enriqueceu-se utilizando-se das propinas das empreiteiras da Petrobras.

    E história pra boi dormir querer acreditar que alguma construtora iria reformar um apartamento aa venda, simplesmente, porque há um interessado que o deseja com determinada configuração.

    Veja reportagem do jornal O Globo,de 10 de março de 2010,na qual o Instituto Lula afirmava que o ex-presidente iria morar no triplicar de Guaruja.

    E vem ai a delação do Palocci, que vai embarrar de vez o Lula, o PT e a política brasileira.

    E esperar pra ver.

    Antonio Carlos Gomes de Oliveira

  • Igor Pocchini

    Eu não voto mais, porém, talvez eu venha a votar no Lula só pra tirar o poder das mãos desses golpistas, e não somente por serem golpistas e terem tomado o poder de forma ilegítima, mas por, principalmente, serem seres da pior estirpe humana. Muito bom seu texto moça, também sou anarquista e sou um anarquista de origem própria, não afetado por livros e autores da área, mas por conclusão pessoal. A única leitura que me nutriu e que nem é de nenhum autor anarquista é o conteúdo do Movimento Zeitgeist, que fala sobre a economia baseada em recursos. E diferente de ti, eu sou ateu, mas espiritualista e não espírita, pois ciência e espiritualidade não podem existir separadas.

  • Djaneide Ribeiro

    Muito bom seu texto. Mas, penso assim, como a pessoa citada no texto representa o Partido dos Trabalhadores, dos proletariados, o fato de surgirem denúncias dele ter se apropriado do dinheiro público e ter feito “acordos” com as grandes corporações, vai de contramão com a ideologia que propaga o citado partido…acho q esse é o problema.
    É aquela velha frase: “Faça o que eu digo, não faça o que eu faço “. :/

    • Djaneide Ribeiro

      E digo mais, o PT é um partido bom quando é de esquerda, porque quando está no poder dança a mesma música dos demais partidos. Entrega umas migalhas a uma parte da população e espalha propaganda de ter feito seu trabalho social, lógico com a intenção de assegurar votos.

  • Miraci

    Acho engraçado como a visão pode ser voltada para um ângulo é a análise ficávamos por não visualizar o todo.
    O anarquismo é contra todo tipo de governo mas não propõe nenhuma forma de Administração do enorme contingente humano mundial. Será que cada um por si funciona?
    Eu fui petista e votei no Lula na primeira eleição. Após o mensalão e as praticas populistas que NÃO tem compromisso com o social mas manter cativa uma massa que continua analfabeta de fato e de direito enquanto todos os defensores dos fracos oprimidos enriqueceram assaltando a nação.
    De coitado e de vitima o Sr Lula não tem nada. Infelizmente pela nossa prática secular de impunidade e pela esperteza do “coitado” do Lula que soube ocultar o iceberg mas deixou um mísero triplex como ponta a lavajato tenta diminuir a impunidade e criar uma jurisprudência.
    Ser espirita é aceitar a evolução. Não se pode aceitar ser dos de hoje em função de erros do passado. Precisamos começar uma nova etapa em que a ética não seja discurso de palanque e já que a nossa moral é tão duvidosa sejamos éticos pelo medo das grades. É tenho dito!

  • Paulo cesar

    Agora se as pessoas assitem e acreditam nas reportagens deTVs ai fica difícil conversasr com eles!

  • Suzelly Brito

    Um texto onde se esclarece com direito de propriedade ao que se passa no momento atual.

  • Vicentepc

    Dora, parabéns pela coragem mas lembre que “Os maus são intrigantes e audaciosos; os bons são tímidos” Esteja preparada. Estamos vibrando por você.

  • Deus Carmo

    Também vejo deste ângulo. Não comungo de todas as ideias anarquistas, porque acredito haver sempre candidatos melhores, o
    que não bom, que outros
    com ao jogo de poderes. No caso
    específico de Lula e do PT o que está acontecendo não é a vontade de fazer justiça e acabar com a corrupção, mas pura e simplesmente uma luta pelo poder comum, como sempre houve. Não é uma luta contra a corrupção porque onde há poder há corrupção. Não esqueçamos que o Poder judiciário é também faz parte dos poderes da república e como
    Tal não está imune à corrupção. Por outro lado assistimos à ascenção
    do poder judiciário ao protagonismo
    Político o que de mais a mais não o
    Livra da corrupção inerente ao poder. O dimples fato de criminalizar um
    Partido político, seja de direita, seja de esquerda já em sí um
    Ato corrupto. Quando
    Se fala em corrupção
    Vem logo à mente o dinheiro, mas este não
    É o único objetivo, nem o único instrumento de corrupção. Não sejamos ingênuos, nem simplórios.

  • Herbert Brüggemann

    Excelente!!!

  • Ryudi

    Legal Dora!! É preciso bom senso quando se pensa em política (= vida pública) e infelizmente poucas pessoas têm isso…

  • Leandro

    O que desejo para o Brasil? Menos ideologia, mais educação!!!!

  • Clara

    Cara, acho que as suas escolhas no tempo lhe deixaram mais longe dos seus ideais anarquistas.
    Decidir, só agora, ou melhor, só em 2018 votar e apoiar Lula, pode ser um pouco tarde demais…

  • sergio romer

    Parabéns seu ponto de vista é o mesmo que o meu !!! É a realidade, só vamos mudar este pais quanto todos amarem nosso país,pois é o melhor país do mundo e o mais rico!!!!!

  • César Augusto

    “E por fim, como anarquista e como espírita e cristã, não me apraz ver ninguém, nem Lula, nem qualquer outro político, de qualquer partido, seja José Dirceu, Sérgio Cabral ou Eduardo Cunha (de quem tinha verdadeiro horror quando comandava o Congresso), nenhum ser humano, seja criminoso ou não, ser humilhado, com sua dignidade arrancada.”

    Essa é o ponto que deve ser colocado acima das preferências politico-partidárias!…
    Como não se posicionar contra um processo criminal que fecha os olhos ao princípio da isonomia e que envereda pela arbitrariedade, em conluio com um mecanismo de massacre midiático, simplesmente porque o réu não é do seu “agrado”?…
    Maquiavel, em seu “presente ao príncipe”, dá enfoque sobre a subtração ao ódio e ao desprezo como uma, digamos, premissa de segurança para contribuir com o êxito de uma regência… Com isso, por lógica, alimentar o ódio e o desprezo em desfavor dos inimigos resultará, obviamente, em vantagem no jogo político – e foi exatamente fazendo uso dessa artimanha que a organização do golpe incutiu na cabeça dos mais desavisados, que se permitiram (apesar dos absurdos evidentes) dar vazão à insensatez, em detrimento da lógica e do bom senso, fechando os olhos e ouvidos à razão…
    Vemos assim, por enquanto vitoriosa, a velha ética utilitarista que faz os fins (ainda que não se saiba, claramente, quais sejam) justificarem os meios.

  • Ari Costa Melo

    Olá Dora, saudações
    Em resumo, texto além de deveras esclarecedor é muito emocionante !
    Paz Profunda e Namastê

  • bruno

    Só faltava essa. Anarco-lulista. Isso é tão bizarro quanto anarco-capitalismo.

    Acho que o mal já está feito. Vai demorar uma década, provavelmente, pra esquerda entender que o PT já era. Pra entender que a esquerda só tem força como oposição e não como uma massa homogênea centralizada num Partido. A cooptação vai do nível do MST até o indivíduo de publica num blog. O estrago é profundo e só fortalece a ideia de polarização e desarticula qualquer possibilidade autônoma de movimentos de esquerda, e ainda assim, surgem alguns pontos fora da curva como os secundaristas ou o Passe livre.

    Vai demorar pra esquerda entender que já não há qualquer possibilidade do Lula governar. Não como ele governou 15 anos atrás, com pacto social com os ruralistas, com a indústria, com o PMDB e com a elite econômica e sua infame política de créditos. Que possibilidade ele teria de governar com um congresso onde 70% veste a camisa do anti-petismo? A única possibilidade seria da maneira conhecida e já praticada pelo PT: caixa 2. Mas a esquerda tem uma fé tão inabalável na democracia quanto sua falta de intregridade ética.

    Momentos piores virão. Aceitem isso. E se agarrar ao PT em meio à essa crise é o mesmo que e agarrar a um cadáver putrefato, enquanto que superar essa fé bizarramente ingênua na figura do Lula e do PT como um todo, é abrir uma miríade de possibilidades de resistir em tempos difíceis.

    • Maxwell Teixeira

      Muito bem, Bruno! Duro, mas lúcido! Não nos deixemos fascinar e encantar pelas estéticas ideológicas da sociedade do espetáculo e do cansaço. Essas engrenagens políticas (esquerda, direita, centro, suas combinações) compõem a locomotiva que leva a civilização ao abismo. Apesar de derrota após derrota (reconheçamos nossa derrota, desde após o esmagamento da revolta de Kronstadt pelo exército vermelho bolchevique!), acabamos tornando nossa vontade sincera de fazer o bem manipulável pelos gestores (a de estética e linguagem de esquerda é de fundamental presença para apassivar os desejos dignos!) das crises tão retroativamente benéficas ao capitalismo. Walter Benjamim já dizia na sua desesperada serenidade que devemos é frear essa mortífera locomotiva: eis a revolução com todos seus atos preparatórios de pura negatividade e autoconhecimento a partir de cada um de nós (“vós sois deuses”, afirma o mestre Yeoshua de Nazaré, nos conclamando a procurar nas catacumbas de nossa ignorância a centelha divina que nos fará naturalmente descobrir nossa força para amar em irmandade horizontal com os nossos próximos….). Mas, infelizmente, o salvacionismo atavicamente adquirido nas nossas sucessivas reencarnações neste planeta onde ficamos submetidos a séculos de domínio secular do dogmatismo religioso continua a permear nossas consciências. Humano, demasiadamente humano, apostarmos febrilmente com nossas paixões ao que nos é heterônomo e cheio de aparências benfazejas (a esconder as verdadeiras intenções, que só Deus pode sondar…). É que aí de nós se pudéssemos sondar tais intenções com o egoísmo, vaidade e orgulho encravado ainda em nossas almas.. Nosso ego nos levaria a uma luta de todos contra todos! Entretanto, não substituemos essa incapacidade de sondar absolutamente as intenções humanas por crenças ingênuas… Nosso trabalho evolucionário espiritual em livre arbítrio inclue nosso esforço por não nos deixarmos levar pela tentação de “Lúcifer” (não importando a erudição ou a intenção, nos fazer crer simplesmente que não possuímos o fragmento do Espírito de Deus em nós, para que acreditemos piamente em poderes exteriores – autoridades, reis, governantes, chefes, líderes, etc), que escraviza, seda e adormece nossas consciências. Assim, como diz um trecho de uma canção de Erasmo Carlos: “nós podemos muito, nós podemos mais”, e melhor…

      Bem, provavelmente, como dois anteriores que fiz, este comentário deverá ficar em eterna moderação.

  • José Budó

    Parabéns Dora.Excelente texto.

  • Eunice.Braga

    O que tem a dizer que eu já passei fome e Paso até hoje, não tenho casa pra morar, não plano dê saúde meu hospital não é o mesmo que eles frequenta círio libanês, tem tudo com todas arrogância se enriqueceu as custas de quem? trabalho olha onde pode cobrar o que não temos falar verdade em 12 Anos não ganho pra comprar os remédios tenho que tomar , tô com uma cirurgia prá desempenho da minha coluna praticamente paralítica não posso fazer nadá esse povo brigando por manter ums presente tem tudo ainda tirar dos pobres.vou para isso é uma desgraça esses governantes todos só entrar pra mudar a vida da família deles podia pelo menos dá direito dê viver uma vida confortável.os empresário que deve bilhões para NSS. É vem tirar dos pobres dos aposentados que tá quebrando o sistema até o governo deve agora nós vamos morrer de fome. Boa tarde.

    • Fernando Giordano

      Oi Eunice, vejo em suas palavras, dor e sofrimento, uma vida de dificuldades e creio, não ser diferente de uma boa parcela da nossa gente, esse sofrimento não é fruto da incapacidade nossa, mas está ligada à situação em que somos inseridos, de obediência servil àqueles que detêm a riqueza e o poder e que não são e nunca foram os trabalhadores ou políticos como o Lula, Lula e o PT, são o que dizem por aí, “um ponto fora da curva”, que ousam bater de frente no poder econômico e os partidos que os representam, o DEM, o PP e o PSDB, estes 3 partidos representam nossa miséria, nossa submissão total e nossa eterna precariedade diante da vida social e coletiva, eles nos forçam a viver de maneira precária se servindo do Estado para submeter o povo à miséria enquanto eles se aproveitam da lei e da riqueza gerada por pobres como nós, ou lutamos por nós ou seremos eternamente massacrados financeiramente e socialmente.

  • sergio marques velloso

    Por isso me irritam teses contra ou a favor, pois não passam de teses, as quais poderíamos chamar de fantasias para vestir interesses egoístas e mundanos anestésicos, que permitem que o paciente se mantenha tranquilo, e acreditando que melhorará.

  • Murilo Chimenes Escanilha

    Gostei muito de ter lido o seu texto, que tomei a liberdade de compartilhá-lo, com o título “A VERDADE… NUA E CRUA!!!
    Considerando que você nunca votou no LULA, vejo aí nossa diferença, pois eu votei, em todas as eleições para presidente, inclusive em DILMA…E, já reservei o meu voto, em 2018, para LULA, se ele for candidato. Com minha convicção de que, até o momento, não há outro político, que mereça o meu voto.
    Namaste… Shalon!!!

  • Emerson Santos

    Dora, lhe acompanho à distância. Recentemente em uma feira de livros em Cabo Frio (RJ) tive a oportunidade de adquirir e depois estudar o livro que você produziu com o Alexandre – Filosofia: construindo o pensar e ele já me auxilia no entendimento das coisas da vida à luz da Doutrina Espírita. Sua escrita é intuitiva e constrói mesmo maneiras novas de reflexões. Esse seu texto é isso: constrói maneiras de pensar o novo de novo, o velho de novo, instiga, potencializa, incomoda, escancara a necessidade de criarmos cada um um pensamento crítico que nos permita sermos singulares onde precisamos… Obrigado! Luz & Paz!

  • Regis Munhoz

    Olá tudo bem? É a primeira vez que entro em contato com o Blog. Acho que esse texto foi bastante compartilhado nas rede sociais. Eu particularmente gostei, meus amigos anarquistas não (alguns que se dizem anarco). A única parte que me incomodou foi “Em momentos menos ruins, sobram alguns direitos a mais para o povo.”, aqui me parece que a luta de classes não aconteceu. Parece que o a “sobra” não resultou do conflito de classes!

  • Alexandre Ferreira da Silva

    Com a devida vénia. Jamais deixei de pensar que a ‘anarquia’, no sentido de uma ausência da predominância de partidos e sistemas de poder, fosse um bom norte político. Porém, é muito confortável e, politicamente estéril, “a visão de uma anarquista” sobre Lula e, cenário político atual. E revela pouco caso com natureza política do homem que vive em sociedade. Essa natureza que é causadora de dissabores complexos ao próprio homem. Evidentemente que a leitura acima proposta é factual, quando diz respeito aos vícios do sistema. Mas é leitura que mais trás traz disjunção, que solução. Tipo Marina Silva. Marinices.

    E esse ranço com o Estado nunca se justificou. O Estado é tanto a solução, quanto fonte do mal, a uma sociedade. A partir dele, uma série de garantias (ou restrições) se acumulam. Sem Estado não há direito. Sem direito não há segurança. Sem segurança não há liberdade. Sem liberdade reina o ‘estado de natureza’ e, consequentemente, não há ‘dignidade’ como fundamento das relações. E segue-se que, sem dignidade, estou livre para ver uma “pessoa” como “coisa” e, assim, deificá-la. Precisa haver um poder regulador.

    O que não quer dizer que sistemas totalitários estatais, no passado, usando do próprio direito, não tenham deificado populações civis. Nós o sabemos… Mas a experiência histórica demonstra que, ante a ausência do Estado republicano de direito, a guerra é muito mais presente e incontrolável. Ademais, a guerra se faz presente ate mesmo em sociedades não ocidentais, não democráticas e não republicanas.

    Eu temo as consequências práticas da política anarquista. Por que? Porque, não duvidando nunca das boas intenções de um anarquista, tenho certeza que o anarquismo desconsidera a natureza insocial do homem ante o calor contingente das relações políticas presentes na sociedade. Quer exemplo de ideal de uma anarquia política que deu bem errado? Basta ver a Ligas das Nações no começo do século XX.

    • Fernando Giordano

      Belo panegirico de uma analise sensata sobre o poder. O sec. 18 foi um divisor de águas do poder e propriedade, já são mais de 200 anos que o mundo vive sobre a égide do ter, de ser dono, ter unicamente para si em detrimento de todo resto, inclusive da natureza. Com o fim real e o fim simbólico das monarquias mundo afora, os donos de países dividiram sua propriedade e parecia que ao povo caberia sua parte, coisa que hoje vemos que não, sobras nós temos e os donos continuam os mesmos, a corte nunca foi extinta. Não há poder e nem comando sem um centro, a natureza nos ensina isso, vivemos em um mundo assim, neste planeta em que pisamos diz isso muito bem para nós. Onde houver duas ou mais pessoas ou se decide em comum acordo ou se decide à revelia e se cada um puxar pro seu lado, ambos fenecem, mas se convergirem, ambos crescem. O que aconteceu com nós brasileiros é que 80 a 90% do povo foi jogado à miséria, ao relento, ao descaso, à vilania do poder, à sua arrogância e seu despreparo para formar uma sociedade de iguais, mais justa e equânime, aos pobres a fome e a miséria, aos ricos, utopia capitalista, o que gerou essa covardia, um país rico com povo pobre e uma nação subdesenvolvida mesmo tendo 200 anos de independência e ainda hoje tentam manter essa sina à ferro e fogo não permitindo que ninguém oriundo do meio do povo atente contra essa força do mal que insiste em legar ao povo fome e miséria. A anarquia nesse contexto não tem a menor chance, pois ela carece de uma sociedade mais evoluída e superior, coisa que não temos em lugar nenhum do mundo.

  • Grant Davis Lima

    Muito bom seu texto querida. Sou esquerdista, católico apostólico romano e tenho unidade com o posicionamento do Papa Francisco e a CNBB. A igreja chama atenção para a guinada à direita de alguns países na Europa e América do Norte onde o culto ao dinheiro e o fascismo renasce da ignorância evidenciada no ódio aos imigrantes de países explorados pelo capital. Não sou pessimista quanto ao futuro de nosso país porque já passamos e ainda passaremos por inúmeras provações, mais por nossas imperfeições, que por castigo divino, Em toda experiência da dor, renova-se a esperança de um novo amanhecer. Obrigada por compartilhar suas ideias anarquistas. Que Deus te abençoe, guie, ilumine e proteja.

  • Andréa

    Arrasou!!! Me emocionei com o texto perfeito!!!

  • Eunápio

    Se a Educação é a aquela onde atributos morais e intelectuais se fundem na construção meritocrática de um Ser, precisamo analisar os fatos sem o viés tendencioso e apaixonado.
    E essa ausência, não se observa nesse texto.
    No primeiro motivo descrito, a autora fala em “preocupação com o social”, ” impedimento de se implementar plenamente o programa neoliberal”, “governo não foi eleito”. Ajudas sociais? Quais? Ajudar é promover condições para o indivíduo se realizar-se sem a dependência de ninguém, inclusive de um Estado. (Anarquia é contra o Estado, mas anarquistas se valem do Estado para fundamentar argumentos). Esse programa neoliberal ocorre em Países Escandinavos de forma ímpar. Se lá dá certo, então o problema não é o Programa, e sim como se implementa. E quando se vota, vota-se numa chapa de candidato e vice. Então o Temmer também foi eleito democraticamente.
    No segundo motivo, alega-se ” republiqueta de Curitiba” que é a mesma que prende Cabral e Eduardo Cunha aliados da Esquerda tupiniquim que em festa comemora mas não gosta quando incomoda Lula e comparsas.E ainda lembra o Nazismo, mas quem tem culto a personalidade aqui é a Esquerda com o deus Lula,que só falta dizer que é uma reencarnação de ser de luz em missão especial de salvaguardar a Pátria do Cruzeiro… (Se querem figura política de alta envergadura moral, lembrem-se de Pedro II, imperador do Brasil, ou Ruy Barbosa).
    No último motivo fala-se em “crise artificial”!! Uma crise sem precedentes derivada do artificialismo de números e da gestão desqualificada dos governos!!!
    A primeira ação de seres que anseiam pela Ética é a humildade. Até hoje durante os 13 anos de governo jamais erros foram humildemente assumidos pela Esquerda.
    Sinceramente, quem escreveu o texto foi a pedagoga embalada com a paixão político-partidária que esqueceu do peso que tem naqueles que comungam ideologias religiosas, deixando de alertar para a análise simples, lógica dos fatos, rever conceitos, em busca da renovação de atitudes, condizentes com os que querem herdar o amanhã!
    Jesus dividiu a história porque todas as alegações que fizeram para o crucificarem eram falácias!!! Suas ações reverberam nos corações dos povos, sem mitigar responsabilidades, sem declinar faltas individuais…
    Política deve ser a arte de relacionar-se com o outro em busca das melhores oportunidade para todos, ofertando para cada um a possibilidade responsável de semear e colher.
    Ainda estamos longe do Ideal mas só chegaremos lá se nos despirmos das paixões que entorpece e não deixa renovar os paradigmas, e a real construção da Educação de seres melhores.

    • Fernando Giordano

      Seu panegirico carece de realidade, de fatos verdadeiros. Os países escandinavos são todos estatais, são países socialistas com fachada capitalista, mais em função do livre mercado do que qualquer viés social e político, nesses países é o Estado o principal agente, os principais bens estão na mão do Estado e a distância entre o maior e menor remuneração é prática de um país evoluído num sistema de governo socialista, não confunda socialismo com ditaduras, pois é o que mais existe no regime capitalista. Liberalismo só serve para quem tem dinheiro e poder não há como dar liberalismo pra pobre e remediado, para estes é a miséria e a fome, o Brasil é o exemplo mais miserável disso, 60% da nossa população é miserável. Não se vota em vice, se vota em um partido onde tem um nome para presidente e assim, se vota nesse nome, o vice não leva voto, é tão assim que vai ser extinto os cargos de vices em todas as esferas. D. Pedro II foi covarde, se ele tivesse distribuído a terra para todos os brasileiros e não somente para os amigos da corte, hoje seriamos a maior nação da terra, ele não foi justo com o povo, traiu o povo e mesmo assim seus amigos o derrubaram e expulsaram do Brasil. Quando a lei é mais importante que o voto da democracia nós vivemos em ditadura jurídica, a justiça é um apêndice de uma sociedade não um fim em si mesmo, ela é parte, não o todo, ela deve ser cega, surda e muda. O lula não é deus é um peão que desafia o poder e a riqueza que roubam desde sempre o povo brasileiro, ele é um ponto fora da curva, ele como eu combato os covardes do poder que nos querem impingir pobreza e servidão, essa casta brasileira esta com os dias contados. Nós não precisamos de honestidade, honradez, isso nós temos de sobra, nós precisamos de mais igualdade financeira e de acesso aos bens de serviços e capital, é só isso, ou continuaremos jogando podridão em rios porque não sabemos que existe tratamento de esgoto como deveria ser, mas cheirando nossa merda e nossa podridão, que nos mantém assim há séculos, fruto de uma oligarquia que odeia o povo e o país onde suga sua riqueza de maneira covarde.

      • Eunápio

        Meu louvor é pela concórdia, ordem, progresso, que só chegarão quando as paixões declinarem no coração dos homens, dando lugar a imparcialidade dos justos.
        Apenas como adendo, todos os Países Escandinavos são Monarquias Constitucionais onde a Câmera é gerida por um membro eleito. Nos países a Social Democracia, que não é Socialismo, ou o Liberalismo é o espectro político da gestão. Se ocorresse fidelidade a ideologias partidárias aqui no Brasil, o PPS, PDT, PSDB podem ser exemplos da Terceira Via (Social Democracia). Mas as coisas aqui são deferentes… Tanto que o PT que é Socialista, tentou agir como Sócio Democrata comprando todos pela corrupção e estamos vendo o que está ocorrendo.
        O fato é que ainda precisamos de Leis e Estados pois não atingimos evolução suficiente, nem educação para termos a Liberdade total de escolhas.
        Fico apenas pensativo, que para muitos aqui “os fins justificam os meios”. Os números artificiais da economia dos governos petistas, com as “ajudas sociais” todas calcadas na mancha da corrupção foram suficientes para os menos atentos, deixar-se entorpecer os sentidos. Ouro de tolos…
        Não será pelas vias da Revolução, da Luta de Classes que chegaremos aos horizontes novos. Será pela renovação de valores e caráter, que quebra tabus adiquiridos e desconstrói mundos internos de homens velhos com dores, por vezes, para a construção de Novos Homens.
        Jesus asseverou, “de César o que é de César, de Deus o que é de Deus”! O Mundo dos fatos só mudará se o mundos dos atos, das vontades, do pensar e sentir, mudar para que o Reino da Paz se estabeleça.
        Quem aqui está disposto a se desconstruir para a construção do Mundo de Regeneração?

  • CLEBER ALBA COMANDULLI

    Precisamos falar sobre “anarquismo”

  • José Eduardo Dyonisio

    Fico aliviado em ler esse artigo de uma pessoa ligada ao espiritismo.

    Ficarei mais aliviado e contente se nossos amigos da Rádio Boa Nova,

    dentre eles nosso amigo, o diretor Jether Jacomini, lerem e refletirem,

    visto que o espiritismo, que foi muito perseguido no passado, prefere

    ficar do lado dos perseguidores, lembrando Israel em relação aos

    palestinos.

  • Taciana Novaes

    Fico feliz em ler um texto tão coerente. A maioria dos espiritas não comentam sobre política, acham que já é sinal de desarmonia. Muitas religiões dão suas opiniões, se pronunciam, enquanto muitos representantes da doutrina espirita apenas se calam. Fico feliz, de verdade , em ler sua opinião assim, Dora. Concordo demais com tudo!

    • Fabrício Vale

      Acho que as instituições espíritas se eximem de se pronunciar para não provocar cissões internas, que que existem espíritas que apoiam o golpe que foi dado na nossa democracia (e não estão falando em defender o PT).
      Então ficam caladas. Mas, o espírita é cidadão e deve se manifestar. E as instituições, estão certas em permanecer caladas? Acho que não. É agir como Pilatos. Mas, existe o risco real de uma instituição se manifestar e rachar sua base social, pelas contradições. Então, qual o procedimento mais inteligente? Acho que deveriam provocar o debate, tendo a doutrina social do espiritismo como bússola. E espiritismo tem doutrina social? É claro que tem, assim como podemos deduzir uma doutrina social dos ensinamentos do Cristo. É um grande erro acreditar que espiritismo é só algo que se pratica dentro de centro espírita. Quem entendeu o espiritismo sabe que ele tem que ser vivido minuto a minuto, no dia-a-dia…e isso inclui o dia-a-dia de nosso país e sua vida política.
      É preciso responder a pergunta: a visão espírita se harmoniza com o que tem sido feito no Brasil? Nesse momento, temos que deixar de lados as paixões partidárias, o nosso egoísmo, o nosso apego às nossas posições sociais e pensar como reencarnacionistas e evolucionistas que somos e responder perguntas como “como será o Brasil num planeta regenerado”. O que terá que ser expurgado? O problema é que tem muita gente no espíritismo, que não tem base nenhuma para interpretar o espiritismo. Aí misturam suas preferências ideológicas. A discussão iria longe, mas se fosse feita com respeito, com caridade, quem sabe muitos espíritas poderiam se conscientizar que estão do lado errado. Uma boa providência imediata seria desligar a TV, deixar de ler a grande imprensa e ler mais livros. Livros espíritas. Livros de história. De filosofia e ciência política.

  • Astênio Evangelista de Oliveira

    Siga em frente, Dora. Não pare para contabilizar pedradas.

  • Valquiria Quinrad

    Texto muito lúcido e pertinente. Parabéns para a autora

  • Maria Torres

    Excelente texto.

  • A liberdade de pensar: sem incoerência, sem dogmatismo, sem patrulhamento… – Blog Universidade Livre Pampédia

    […] mês, publiquei um artigo sobre política, fazendo uma análise da situação e da personalidade de Lula, sob vários aspectos… No artigo, […]

  • A liberdade de pensar: sem incoerência, sem dogmatismo, sem patrulhamento | Dora Incontri

    […] mês, publiquei um artigo sobre política, fazendo uma análise da situação e da personalidade de Lula, sob vários aspectos… No artigo, […]

  • Gunnar

    A crise não é nada artificial, como todos os indicadores econômicos podem atestar (incluindo aí a carteira de trabalho e a conta bancária de milhões de brasileiros). Também não foi criada por nenhuma conspiração internacional, e sim pelo próprio Lula (e depois sua sucessora) que, desde 2008, para “combater” a crise internacional com suas políticas heterodoxas de (que basicamente se resumem a imprimir dinheiro, na base da inflação e débito fiscal), levou a desvalorização da moeda, criação de bolhas especulativas e desarranjo total da economia. Analistas sóbrios já indicavam naquela época que as consequências disso seriam nada mais do que adiar a chegada da crise ao país, com o agravante de amplia-lá enormemente e torná-la uma crise estrutural ao invés de um simples baque.

  • Guto

    Penso uma coisa: não votar implica em deixar o outro votar por mim.
    Quando me nego, na verdade delego ao outro o peso de dois votos, o meu e o dele. O meu não contará e o dele valerá o dobro já que votou por mim, no meu lugar. No fim é a ideia e vontade dele que sobressairá.

  • MARIA DE LOURDES DA SILVA

    Emocionante, esplêndido e maravilhoso seu texto.
    Lendo textos assim, tenho certeza estou do lado certo!!!!

  • Antonio Carlos Bregensk do Nascimento

    Seu texto é uma joia rara no meio de tanta baboseira que leio de “espíritas cristãos” que contradizem o próprio Cristo quando se rendem à ideologia vingativa humana sob pretexto de “justiça” só pra se alinhar com o “status quo” das mídias abertas.

    Se teve alguma coisa pra que serviu e continua servindo todo esse processo, é a desconstrução da imagem de “cristão verdadeiro” que muitos espíritas tinham sobre si mesmos. Foi tanto ódio destilado de lábios “cristãos” que eu me assustei muito. E não adiantava clamar por Cristo. Muitos ficaram cegos e se entregaram aos INSTINTOS mais odiosos de dentro de si.

    Parabéns, professora!

  • Paulo Eduardo Serratine da Costa

    Bom dia Dora.
    Sempre tive a consciência que descreve sobre os acordos na política que levaram o Pt ao governo. Apesar de também desaprovar, sei que isso não vai mudar em um estalar de dedos. Somente com mais educação e num período de médio a longo prazos poderemos evoluir.
    Sempre votei em Lula e Dilma, pois o vies social de suas propostas de governo, fazem acreditar que a médio longo prazo teremos uma nação mais igualitária.
    Gostaria de agradecer por essa magnífica reflexão e dizer que tomei a liberdade de postar em meu face.
    Obrigado.

  • maria aparecida

    Ótimo, muito boa a explanação sobre o pensamento anarquista, gostei bastante do texto

  • Luciano Pereira de Vasconcelos

    Ratifico todos os pontos, também sou anarquista (e agnóstico, graças ao devir). Apenas com a diferença de que faço o “voto útil”. Novos sistemas podem se impor pela força ou lenta construção coletiva; e prefiro a segunda alternativa (capaz de mais longeva). Prefiro escolher nomes que contribuam para contínuas mudanças na conjuntura (numa ideia de Projeto), mesmo que em passos lentos (vibrando por instantes de acelerações coletivas). Assim vá se aperfeiçoando uma Nação para as próximas gerações, já colhendo frutos (sem digerir caroços) do interesse geral. Então, sou satisfeito com meus votos (sempre os acompanho); mesmo quando fui parcialmente “derrotado” antes dos últimos 13 anos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: